Você está aqui

Com recorde da pista, Hamilton conquista pole em Austin

Hamilton cravou 1m33s108 e aindaanotou novo recorde da pista texana

Vencedor de quatro das cinco passagens da Fórmula 1 pelo circuito de Austin, Lewis Hamilton foi soberano nas três sessões de treinos livres para o GP dos Estados Unidos e confirmou seu favoritismo, conquistando a pole position para a prova deste domingo. A segunda do britânico na pista e 72ª dele na F1.

Como se não bastasse anotar a pole, Hamilton cravou 1m33s108 e ainda anotou novo recorde da pista texana.

A segunda posição ficou com Sebastian Vettel, principal adversário do britânico na disputa do campeonato, que pode ser definido já neste domingo.

Valtteri Bottas, que acompanhou Hamilton de perto durante todo o fim de semana, largará em terceiro, com Daniel Ricciardo em quarto e Kimi Raikkonen em quinto.

Felipe Massa, que durante os treinos livres figurou entre os dez mais rápidos, não conseguiu manter o rendimento e ficou pelo caminho, no Q2. O brasileiro vai largar da 11ª posição.

O treino

O Q1 começou com Daniil Kvyat inaugurando a sessão e marcando 1m37s865 utilizando o composto ultramacio. Bottas não demorou muito para registrar 1m35s309 e praticamente se garantir no Q2, 1s116 mais rápido que Hamilton, que anotou 1m36s425.

Faltando nove minutos para o fim do Q1, Alonso foi para a pista, registrou 1m35s712 e conseguiu um bom sétimo lugar, também praticamente se garantindo no Q2. Pouco depois, Hamilton anotou 1m34s822, subiu para primeiro e já garantido foi para os boxes.

Quem também continuou com uma boa sequência foi Felipe Massa, que garantiu vaga no Q2 em sexto, com o tempo de 1m35s603.

O Q2 começou com Hamilton sendo o primeiro a entrar, já calçado com os pneus ultramacios. O piloto da Mercedes tratou de registrar 1m33s560 e garantir logo de cara a vaga na próxima fase do classificatório. Colado em Hamilton veio Valtteri Bottas, segundo mais rápido da sessão com 1m33s769.

Terceiro mais rápido com o tempo de 1m33s840, Kimi Raikkonen também conseguiu sua vaga no Q3, seguido por Vettel, com 1m34s103. Quem não conseguiu avançar foi Massa que, a três minutos do fim, registrou 1m35s155 e ficou em 11º.

Como era de se esperar, Lewis Hamilton seguiu dominante e com o tempo de 1m33s108 quebrou o recorde da pista pela terceira vez e garantiu a pole position. A segunda posição ficou com Vettel, com 1m33s347 anotado em sua última tentativa, já com o cronometro zerado.

Tópicos