Você está aqui

Com pista revitalizada, Prefeitura traz Brasileiro de Motocross para a Capital

Nos dias 25 e 26 de novembro

Após o retorno de Campo Grande à rota do circuito nacional esportivo, com a realização dos grandes eventos na Capital, a Prefeitura novamente demonstra o seu compromisso com o segmento em todas as modalidades e, desta vez, contempla os pilotos do motociclismo com a entrega da revitalização da pista de MotoCross no autódromo, que vai garantir treinos de alto nível a partir de agora.

O anúncio foi feito nesta manhã (21) pelo prefeito Marquinhos Trad, durante o lançamento oficial da 6ª e penúltima etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross, que será realizada em Campo Grande (MS) no próximo fim de semana, dias 25 e 26 de novembro.

“Um bom gestor precisa criar ferramentas para que todas as modalidades tenham oportunidades e é isso que estamos fazendo com a entrega dessa pista, homologada pela confederação brasileira e que agora vai receber nossos pilotos e dar condições para que eles pratiquem a modalidade em DSC_0157segurança e local adequado”, justificou o chefe do Executivo Municipal.

Ao relatar que os pilotos de Campo Grande precisam se deslocar para locais distantes para treinar, Fábio Festi disse que o segmento está animado com a oportunidade de treinar dentro de casa e melhorar o desempenho para a temporada 2018.

“Estamos contentes com a iniciativa do prefeito. Posso dizer em nome dos demais pilotos da dificuldade até agora, quando precisávamos sair da cidade uma ou duas vezes na semana para treinar em outros locais, já que aqui não havia uma pista segura. O que a prefeitura está nos dando com essa revitalização é a oportunidade de mostrarmos o nosso trabalho dentro de casa e isso não tem preço”, comemora o piloto de MotoCross.

Após o anúncio da pista, a Federação de Motociclismo de Mato Grosso do Sul assinou um protocolo de intenções, por meio do qual a entidade se compromete com a manutenção e conservação do local, a fim de permitir o treinamento da modalidade de motociclismo na pista do autódromo. A revitalização da pista recebeu investimento de cerca de R$ 35 mil.

O presidente da Federação de Motociclismo de Mato Grosso do Sul, André de Souza Azambuja, disse que a utilização da pista para os treinos irá contemplar não apenas os pilotos, mas a população em geral. “O motociclismo aqui sempre foi esquecido, mas agora começamos a viver um novo tempo. Essa pista é um presente para os pilotos e a população, que poderá ir até lá assistir aos treinos e competições em um local seguro e adequado com banheiros, bebedouros e toda a estrutura necessária”, considera.

Campeonato Brasileiro de Motocross

A competição é considerada a mais importante da América Latina na modalidade. A última vez que a capital de Mato Grosso do Sul recebeu uma etapa do Campeonato foi em 2014.

Nesta etapa serão realizadas as provas das categorias MX1, MX2, MX2JR, MXJR, MX3 e MXF. A rodada ainda terá uma bateria extra da MX1 e uma da Junior, adiadas durante a 1ª e 5ª etapas, respectivamente.

Os melhores pilotos do Brasil e alguns competidores estrangeiros que fazem parte do Campeonato desembarcarão em Campo Grande para a rodada.

Para o presidente da Confederação Brasileira de Motociclismo, Firmo Henrique Alves, além de dar a oportunidade aos pilotos de competirem dentro de casa, eventos desta grandeza são mais uma opção de lazer e entretenimento para as famílias amantes do esporte e, principalmente, permite a projeção da cidade para o país.

“Eventos como este são transmitidos pelo canal da Esportv que tem cerca de 66 milhões de assinantes. Na abertura da transmissão, que dura cerca de uma hora, será transmitida uma vinheta apresentando os pontos turísticos daqui, servindo como vitrine para fazer com que Campo Grande seja conhecida no Brasil e também por outros países”, explicou Firmo.

A entrada e o estacionamento no autódromo para assistir ao evento serão gratuitos.

Circuito nacional esportivo

O diretor-presidente da Fundação Municipal de Esportes – Funesp, Rodrigo Terra, destaca os resultados das políticas públicas implementadas pela atual gestão voltadas para o esporte, que gradativamente está inserindo Campo Grande no calendário esportivo do País.DSC_0116

“Não me recordo – e acredito que a maioria também não – de ter visto na história da Capital a realização de campeonatos brasileiros em dois finais de semana seguidos como acontece agora. Semana passada recebemos durante os Jogos Radicais a final do brasileiro de Stand Up e no próximo será a vez do Motocross, seguido no outro fim de semana de mais uma etapa da Fórmula Vee. São três modalidades diferentes ganhando visibilidade em Campo Grande e incentivando um número cada vez maior de pessoas a praticarem o esporte. Quando ocorrem eventos como estes na cidade acaba despertando o interesse nas pessoas”, pondera Terra.

O secretário municipal de Governo e Relações Institucionais, Antônio Lacerda, faz coro às palavras do diretor da Funesp e comemora os resultados obtidos em apenas onze meses da nova gestão municipal. “A cidade está respirando o esporte, depois de Campo Grande ter passado um longo período em absoluto silêncio, sem que nenhuma competição importante, nem mesmo estadual,viesse pra cá”, recorda.

Para o prefeito, é preciso criar oportunidades para que não apenas o futebol, que já faz parte da cultura do brasileiro, mas todas as modalidades tenham condições de ganharem projeção para se fortalecer. “O futebol é importante com certeza e muitos nos orgulha, mas precisamos olhar para as demais modalidades com o mesmo respeito e ter esse compromisso. Em menos de um ano de administração conseguimos trazer para Campo Grande inúmeros eventos nacionais que abrangeram desde o stand up, trilhas, bicicross, motocross, trilhas, natação, entre outros esportes que reuniram aqui atletas de peso para competir na nossa cidade. Sem falar em atletas de peso como o Cafu, que veio para o Jogo do Bem somar conosco em uma partida solidária.Esse é o caminho e não vamos medir esforços para fortalecer o esporte e mostrar a importância dele na vida das pessoas”, disse.

Tópicos