Você está aqui

Em jogo de seis gols, Espanha e Rússia ficam no empate em amistoso

3 a 3

Deu para o gasto. Esta é a avaliação da torcida espanhola após o confronto da sua seleção contra a Rússia, nessa terça-feira. Enfrentando os anfitriões da Copa, a Espanha não jogou tudo o que sabe e ficou só no empate por 3 a 3 em São Petesburgo.

A Espanha começou o jogo bem ligada, trocando passes como de costume, e não demorou a abrir o placar: aos 8 minutos, Asensio avançou pelo lado esquerdo e cruzou na medida para Jordi Alba desviar de cabeça e fazer o primeiro da aprtida.

A Fúria ampliou ainda no primeiro tempo, num lance que gerou muita polêmica. Em lance de ataque da Espanha, o defensor Vasin tirou a bola com o ombro e o juiz viu braço, marcando pênalti para a Espanha. Sergio Ramos foi para a cobrança e, apesar do goleiro russo se adiantar bastante, chutou firme no canto esquerdo para fazer o segundo.

Apesar da derrota, a seleção da Rússia não se entregou e foi para cima da Espanha, embalada pelo apoio que vinha da torcida. Os espanhois diminuiram o ritmo e os russos aproveitaram, diminuindo o placar logo depois: em bobeada de Piqué e Jordi Alba, Smolov ficou com a bola e acertou forte chuto no canto esquerdo, sem chances para De Gea.

Na volta do segundo tempo, os russos mantiveram a mesma intensidade e logo encontraram o gol de empate. Aos 5 minutos, após nova falha de Piqué, Zhirkov cruzou para trás e Miranchuk chutou livre para empatar a partida. No entanto, a felicidade russa não durou muito, quando o árbitro marcou mais um pênalti para a Espanha logo depois. Apesar de muita reclamação, Sergio Ramos não tinha nada a ver com isso e foi para a cobrança, convertendo seu segundo gol na partida e deixando a Fúria em vantagem mais uma vez.

Apesar da derrota, a Rússia era superior à Espanha e não deixou de buscar o empate. Os frutos do trabalho foram colhidos aos 25 minutos, quando Smolov fez mais um gol, dessa vez um golaço, arriscando de primeira da meia-lua e acertando o ângulo.

Com o empate em mãos, a Rússia diminuiu a intensidade e a Espanha não conseguiu subir de produção para tentar a virada. A partida acabou com um susto para os torcedores russos: o atacante Rodrigo e o goleiro Lunev trombaram no último lance do jogo e o arqueiro recebeu uma joelhada no rosto, sendo retirado do campo na maca. Para evitar maiores problemas, o juiz apitou o final da partida segundos depois.

 

HOLANDA FAZ BOA PARTIDA CONTRA ROMÊNIA

Fora da Copa da Rússia, a Holanda também disputou amistoso na tarde desta terça-feira. Fazendo seu primeiro jogo sem Robben, enfrentou a Romênia fora de casa e venceu por 3 a 0, com gols de Memphis Depay, Ryan Babel e Luuk de Jong.

Tópicos