Você está aqui

Flamengo bate Atlético-GO e faz as pazes com a vitória no Brasileiro

Vinícius Júnior, 17, foi autor dos gols.

​O primeiro gol de Vinícius Júnior no profissional saiu no jogo de volta contra o Palestino, pela Copa Sul-Americana, no dia 9 de agosto. Neste sábado, foi a vez de o atacante de 17 anos enfim sentir a sensação de balançar as redes pelo Campeonato Brasileiro.

Isso aconteceu duas vezes. Foram dele os dois gols que definiram a vitória por 2 a 0 do Flamengo sobre o Atlético-GO, na Ilha do Urubu. Ambos no segundo tempo.

Graças à atuação decisiva de Vinícius Júnior, o Flamengo voltou a vencer no Brasileiro. A última vitória tinha sido no dia 22 de julho, quando ganhou do Coritiba por 2 a 1. Desde então, o time empatou com o Corinthians e perdeu para Santos, Vitória e Atlético-MG.

Com o resultado, o Flamengo chega a 32 pontos e aparece em quinto lugar na tabela de classificação do Brasileiro - podendo ainda ser ultrapassado por Sport e Atlético-PR, que têm 29 pontos e que teriam uma vitória a mais caso ganhem seus respectivos compromissos no domingo.

Já o Atlético-GO segue na lanterna com 15 pontos, seis atrás do Avaí, que é o penúltimo colocado da competição.

Flamengo em cima

Não demorou muito para o time de Reinaldo Rueda assumir o controle do jogo. Com o domínio da posse de bola, o Flamengo trocou passes sem ser incomodado pelo Atlético-GO e chegou com perigo pela primeira vez logo aos oito minutos, em um chute de Márcio Araújo que exigiu boa defesa de Felipe. O goleiro apareceu pouco depois para conter uma cobrança de falta de Lucas Paquetá.

Uma outra chance de perigo veio aos 33 minutos, quando Everton Ribeiro cruzou para Vinicius Júnior, que apareceu dentro da área para desviar de cabeça. Mas a bola foi para a linha de fundo. Ainda no primeiro tempo, o próprio Everton Ribeiro cobrou uma falta que exigiu uma nova boa defesa de Felipe.

Poucas chances

À medida que o Flamengo dominava o jogo, o Atlético-GO tinha dificuldade para sair jogando nos momentos em que teve a bola nos pés. Com exceção de um chute que Walter tentou e que foi defendido por Diego Alves, o time não ameaçou o adversário nos primeiros 45 minutos.

A situação não mudou no segundo tempo. O Atlético-GO até arriscou alguns chutes de longe, mas que não levaram muito perigo a Diego Alves.

Decisivo

O Flamengo continuou criando boas chances na volta para o segundo tempo. As oportunidades perdidas por Lucas Paquetá e Willian Arão davam a sensação de que o gol estava maduro. Foi então que apareceu o caráter decisivo de Vinícius Júnior.

Aos dez minutos, ele aproveitou lançamento de Márcio Araújo, ganhou na velocidade da defesa adversária e tocou no canto de Felipe.

O Flamengo não diminuiu o ritmo e seguiu superior em campo, perto do segundo gol.

Isso quase aconteceu aos 27 minutos, com Vinícius Júnior tocando de cabeça e vendo a bola passar raspando a trave. Dois minutos depois, ele acertou o alvo mais uma vez e ampliou o placar. Desta vez, aproveitando passe de Lucas Paquetá e driblando o goleiro antes de chutar para o gol.

Próximos compromissos

O Flamengo entra em campo novamente pelo Brasileiro no próximo domingo (27), quando receberá o Atlético-PR. Antes disso, porém, o time vai encarar o Botafogo na quarta-feira, em duelo de volta pelas semifinais da Copa do Brasil. A primeira partida terminou 0 a 0.

Já o Atlético-GO tem como próximo obstáculo o Corinthians, no sábado, pelo Brasileiro.

FICHA TÉCNICA:
FLAMENGO 2 X 0 ATLÉTICO-GO

Local: Ilha do Urubu, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 19 de agosto de 2017 (Sábado)
Horário: 19h (de Brasília)
Renda: R$ 319,740,00
Público: 7.082 (5.969 pagantes)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (Fifa-PR)
Assistentes: Bruno Boschilia (Fifa-PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
Cartões Amarelos: Vinicius Jr., Márcio Araújo (Fla); Andrigo, Igor, Jonathan (Atlético)
Gols: FLAMENGO: Vinicius Jr., aos 10 e aos 29 min do 2º tempo

FLAMENGO: Diego Alves, Pará, Réver, Rhodolfo, Rafael Vaz (Renê, Rodinei); Márcio Araújo, Willian Arão, Lucas Paquetá e Everton Ribeiro; Geuvânio (Diego) e Vinicius Jr. Técnico: Reinaldo Rueda

ATLÉTICO-GO: Felipe; Jonathan (André Castro), Gilvan, William Alves e Bruno Pacheco; Igor, Paulinho, Andrigo (Breno Lopes), Jorginho e Diego Rosa (Luiz Fernando); Walter. Técnico: João Paulo Sanches

Tópicos