Midiamax
BUSCA: 
 Capa

 Últimas Notícias

 Pimenta no Reino

 Transparência

 Política

 Polícia

 Emprego

 Tecnologia

 Esportes

 Geral

 Mundo

 Brasil

 Agronegócio

 Economia

 Cultura

 Cinema

 Entretenimento
Articulistas



Blogs
 Fernando Soares
Mais Lidas
01 VÍDEO: cliente destrói geladeira com defeito em frente de loja para ser atendido nas Casas Bahia

02 FLAGRA: tumulto em frente de escola termina com carro 'embaixo' de caminhonete na Capital

03 Jovem tenta se matar após ter fotos íntimas divulgadas pelo namorado no WhatsApp

04 Prefeito é investigado por manter cunhado em dois cargos públicos

05 Policial aposentado que perdeu a perna em acidente de trabalho pede socorro em evento com André

Espaço do Leitor
Espaço do leitor
Acesso Fácil
Faça da Midiamax sua página inicial
Espaço do Leitor


Envie sua opinião

04/03/2009
Pereira
Luizpereira8@hotmail.com

Aos traidores rua.
O Mariano já deveria ter saído do PT há muito tempo,porque nunca foi petista. Várias vezes tentou se vender para o André e foi ironicamente desdenhado, mesmo assim não criou vergonha na cara e se jogou para o colo do governador, até parece mulher de malandro, onde tem a "maromba" ela vai. Os falsos petistas não devem habitar o partido. Peguem suas cadeirinhas e habitem em outros morros. Petista é igual corinthiano, o time quebra, eles estão juntos, o time se reergue, eles estão juntos e assim vai...Aos descontentes com o partido e que não possuem capacidade ao diálogo, mudem-se.
 
04/03/2009
Luiz Pereira
luizpereira8@hotmail.com

Quadjuvante, sempre quadjuvante.
O PSDB em Mato Grosso do Sul sempre será o mamulengo do PMDB, pois sem ele não existiriam é por isso que sempre estão nos pêlos pubianos do governador. O PT não precisa aliar se ao PMDB para fortalecer o palanque da virtual candidata Dilma. O PT sempre teve corpo e nunca ficou arreboque de partido nenhum. Isso é coisa de tucanos, pois o muro é seu habitat, falam em candidatura própria, porém, sabemos que não passa de blefe, aqui eles não enfrentam ninguém, a vez que tentou tomou pau, mesmo aliado ao André, quando este sabendo que pederia a prefeitura e também o governo amarelou. Quem pensa que o PT vai rachado nesta eleição está redondamente enganado. O Zeca não esta morto, Delcidio vivissímo da silva e os militantes anciosos para irem às ruas. O Partido dos trabalhadores reúne a massa e com ela ninguém pode.
 
04/03/2009
Pietro Colombeli
pietrocolombeli@bol.com.br

Estradas do MS
Não posso concordar com o leitor Victor Ferzeli. As estradas do MS, as BR's, principalmente, estão sim em bom estado de conservação. Claro que quando se compara com as rodovias paulistas, quase todas pedagiadas, fugiremos do razoável. Nenhum Estado brasileiro possui a qualidade (e o custo) que as estradas paulistas. Mas dizer que nossas rodovias são ruins, vai uma longa distância. Fui mês passado para a Bahia de carro. Vá andar nas rodovias goianas e baianas para o senhor ver que as nossas estradas são sim muito superiores.
 
04/03/2009
Marcello Mendes de Souza
marcellomendesdesouza@yahoo.com.br

cadê o futebol de MS
Porque vocês, da imprensa, não se interessam em dar notícias sobre o nossso futebol. Sei que o mesmo está "no fundo do poço", mas bem que vocês poderiam ajudar um pouco!! Por exemplo: no jogo de hoje,entre Fla e Ivinhema, nem a escalação dos times vocês deram, nem uma reportagem sobre o time do nosso Estado.
 
04/03/2009
teofilo de almeida
theo-22@bol.com.br

APENAS MAIS UM INDIO!
Virou rotina, e já faz um bocado de tempo! basta acessar os meios de comunicaçoes para ver nos noticiarios indigena suicidou se, ou morte misteriosa de adolescente indigena, agora por ultimo podemos ver a morte do indigena de apenas 11 anos de idade em amambai.Opior dessa situaçao e saber quem está por traz de toda esta onda de mortes?pois com certeza alguem tem interesses que isso aconteça. Mas a grande pergunta o que é que se tem feito de concreto pelas autoridades constituidas para tentar acabar com todos esses crimes? o que sabemos atraves da imprensa e dos jornais ultimamente é a incompatibilidade entre governo do estado de MS e Presidencia da Funai.Na condiçao de leitor gostaria de saber quem será ou seria responsabilizado por todas essas vidas dos indigenas que se foram? Por um lado assistimos a Funai de Dourados com suas portas fechada por quase trinta dias,enquanto deveriam se atentar para graves fatos mencionados e ao menos tentar resolver,nesse periodo só se ouvia a manifestaçao da representante do orgao se mostrar "preocupada" apenas com cestas basicas, o que conforme os indigenas nanifestantes é para ter no controle lideranças a favor da representante do orgao a fim de mante - la no cargo, e dizia sempre a manifestaçao é apenas de um pequeno grupo; se fosse apenas de um pequeno grupo por que fechar as portas da funai e "prejudicar"mais de quarenta mil indigenas? fica nossa interrogaçao até quando vai o descaso com os indigenas na regiao sul do nosso estado?
 
04/03/2009
Marli Marquesan
marli3@hotmail.com

MST: sobre matéria que pactua com crimes no MidiaMax
OS SILVAS SEM SEPULTURA DO MST - João Arnaldo da Silva, 40 anos. Um tiro na perna e um na cabeça. - Rafael Erasmo da Silva, 20 anos. Um tiro na cabeça. - Wagner Luís da Silva, 25 anos. Um tiro na perna e dois na cabeça. - José Wedson da Silva, 20 anos. Um tiro na perna e dois no rosto. Vocês lêem acima os nomes de quatro pessoas executadas pelo MST no dia 21 de fevereiro. ... pois é, CULPADO É O NEOLIBERALISMO.
 
02/03/2009
Victor Ferzeli
dtm.victor@terra.com.br

Ih! Chegamos ao Mato Grosso do Sul!
Ih! Chegamos ao Mato Grosso do Sul! Você leitor deve estar estranhando o tema desta explanação isso porque, provavelmente não chegou ao nosso Estado pelas “maravilhosas” estradas que cortam Mato Grosso do Sul. A viagem é composta por paisagens que contrastam com um “belo” cartão postal de nossas rodovias, um presente “de grego” para quem trafega por estes locais. Quem se aventurou em sair de férias pelas nossas estradas deve ter tido um prazer incomensurável, num momento ímpar: a hora que se atravessa o rio Paraná margeando os limites de nosso Estado (a divisa nos postos fiscais já choca aos olhos) e muda para as rodovias paulistas. O que vou discorrer neste texto me ocorreu como a qualquer cidadão que paga seus impostos e num final de ano aventurou-se num passeio pelas nossas estradas. Não sou conhecedor dos nomes correto de todas as vias que cortam o Estado, mas com toda a certeza os responsáveis pelas mesmas sentirão o peso de suas responsabilidades, isso relacionado ao descaso e a má preservação em que muitas se encontram. Não desmereço aqui as irresponsabilidades causadas pelos nossos motoristas. Acredito que dada às péssimas condições da estrada muitos condutores desesperam-se pela falta de cuidados, sinalização e conservação. Quando nos deparamos com notícias chocantes como, por exemplo, um pai de família que se acidentou e seus entes queridos vieram a óbito, ninguém comenta na mesma matéria se houve uma averiguação sobre as péssimas condições da estrada nesta localização. Digo isto por que em verdadeiras estradas de outras localidades a realidade é outra, além de inclinações adequadas que dificultam aquaplanagem (perda de contato dos pneus com asfalto pela presença considerável de uma lâmina de água), estas maravilhas de primeiro mundo, possuem sinalizações nas pistas para facilitar a sua orientação mesmo sob uma tempestade. E o que dizer de que nestas mesmas rodovias placas informativas lhe oferecem números de telefones (0800) para reclamações, sugestões, equívocos além de orientações quanto à localização de espaços como banheiros, área de descanso, berçários e telefones de emergência colocados a cada quilometro. Você sabia que em muitas destas vias existem faixas para velocidade de 120 km/h? Sim existe. A rodovia Anchieta – Imigrantes é uma de muitas delas... Será por isso que nessas estradas é que empresários sentem motivação a investir na construção de bons restaurantes e lanchonetes maravilhosas. ?? Arrisquem e visitem os daqui!!! Ao sair destas rodovias acima citadas e entrar em Mato Grosso do Sul, observam-se: crateras ou consertos irregulares ao longo das vias, causando danos progressivos no carro; além de longos trechos sem acostamentos e sem qualquer placa de informação dessas deficiências. Falando em acostamentos, não sou engenheiro e nem precisaria ser para saber que nas faixas “adicionais” não cabem sequer dois carros imaginem dois caminhões, cujos motoristas se vêem obrigados a invadir a pista alheia dada armadilhas em que foram enclausurados. Sabemos que nossas estradas foram construídas em épocas cujas realidades eram outras, carros não tinham a tecnologia que temos hoje, então, é comum as assistências técnicas de carros importados, por exemplo, se posicionarem em relação a determinados defeitos com respostas do tipo : infelizmente nossas estradas não estão preparadas para este tipo de carro. Então é simples, é só proibir a importação dos mesmos ou suas tecnologias e continuarmos com as “carroças” que tínhamos adequadas às “estradas de chão” que ainda existem. É uma pena que os principais responsáveis mantenedores dessas nossas rodovias só viagem de avião e infelizmente nem consigam enxergar o caos em que as mesmas se encontram. Não nos adiantam qualquer tipo de explicação quando enfrentamos realidades como as retratadas nas primeiras páginas dos jornais, onde pessoas responsáveis perdem sua vida nas arcaicas estradas do nosso Estado e em vários pontos do Brasil. Da próxima vez em que você vir em letras garrafais uma notícia de um trágico acidente, não condene imediatamente os envolvidos e possíveis culpados, avalie também as condições logísticas em que os fatos ocorreram (qualidade de asfalto, sinalização horizontal e vertical, acostamentos deficientes, etc.) e faça sua própria avaliação do ocorrido. E o que dizer quando daqui a Cuiabá a única placa indicativa da distância para sua chegada é observada a 10 km do destino, sem contar com bifurcações sem sinalizações dentro de cidades pequenas onde se entra e sai da mesma sem ao menos saber o nome delas... Bom, estou falando de Mato Grosso, deixe-me voltar ao meu Estado. Sempre se noticia pelos meios de comunicação as situações irregulares e suas condições, às vezes só após isto é que os meios adequados se mobilizam, quando não a morosidade de todo um processo burocrático de consertar uma via, tanto demora que um dano material já causou (e você não tem como provar por que às vezes ele é gradativo) ou uma vida já se perdeu. Citarei um exemplo de uma situação contrária a esta: indo por uma estrada de três vias no estado de São Paulo, observei que numa determinada bifurcação a placa estava quase se soltando, provavelmente por uma rara depredação, estacionei e propositalmente acionei o fone 0800 que havíamos anotado, imediatamente fui direcionado para uma ouvidoria que prontamente me passou um número de protocolo de atendimento (com cópia para o meu email) e que nas próximas 24hs enviaria um engenheiro ao local que informei, enfim, na volta de minha viagem fiz questão de passar no mesmo local, e pasmem: uma placa nova já havia sido trocada. Entendo que a via é privatizada. Façam uma pesquisa e a grande maioria dos motoristas responderá que preferem pagar pedágios para ter estradas pavimentas com a regularidade de um tapete, a ter esta miséria que encontramos em grande maioria em nossas vias e estradas. Eficiência sempre precisa ser significado de Privatização? E o poder público por que não copia? Ou tenta fazer melhor? Se não existem recursos (na maioria das vezes é esta a resposta) por que não usa sua criatividade para tal? Talvez os diretores destes órgãos governamentais sempre precisem viajar (de avião) para conseguir esta eficiência em instâncias superiores e não consigam enxergar o caos. Estrada simplesmente com uma capa de asfalto não significa proteção à vida dos que precisam ir e vir. Respeite-nos! Imagine a cena: tive a infelicidade de estar chegando à noite em nosso Estado e chovia, a pista estava irregular por deformações causadas por pesados caminhões, não havia qualquer sinalização horizontal ou vertical e sem acostamento, eu e minha família enfrentamos inúmeras aquaplanagens, e pedi a Deus que nos protegesse. Por sorte não tivemos o mesmo fim do caso muito bem relatado na notícia de primeira página de sábado (28/02/09) do jornal Correio do Estado (Pista ruim da BR causa mais uma morte). Senhores responsáveis pela qualidade de nossas vias e estradas, pagamos por seus salários e pelas nossas vidas... Façam uma viagem de carro e constatem se conseguirem voltar, como está o nosso belo cartão de vista que pode receber futuros investidores em nosso Estado. Privatização e duplicação já!!! O futuro já chegou!! Leitor e contribuinte: da próxima vez que programar um passeio de carro, é bom pegar a av. Duque de Caxias ... E boa viagem de avião!. Victor Ferzeli (cirurgião-dentista, mestre e especialista – bacharel em Direito) – dtm.victor@terra.com.br
 
02/03/2009
Regina Terra
reginaterra22@ibest.com.br

Campanha Previna-se
Gostaríamos de contar coma colaboração de vcs,para divulgar a Campanha Mundial de Combate a Doença Renal, em parceria com a Sociedade Brasileira de Nefrologia, Sociedade Brasileira de Enfermagem em Nefrologia, Hospital Regional/MS, Indor (Instituto de Doenças Renais) e Hyperrim. Para esclarecimento, os últimos levantamentos realizados, mostram um rápido crescimento da Doença Renal Crônica no Brasil e no Mundo, estimativas revelam que cerca de 2 milhões de brasileiros são portadores de Doença Renal e, aproximadamente 60% não sabem disso. Assim, uma grande parcela chega ao tratamento, na fase crônica da doença, onde não há mais cura, somente hemodiálise ou transplante de rim. Para mudar esse triste quadro, é realizada a campanha mundial, onde fazemos orientação da importância do diagnóstico precoce, bem como seu acompanhamento. Para saber mais sobre a campanha, veja o site: http://www.sbn.org.br/previna.htm Dia 11/03 – das 18 às 22hs: Orientação quanto a doença, teste de glicemia capilar e aferição da pressão arterial (local Feira Central); Dia 12/03 – das 08 às 16hs: Orientação quanto a doença, teste de glicemia capilar e aferição da pressão arterial (local Recepção do Hospital Regional); Dia 14/03 – período vespertino: passeio de moto pela área central da cidade com o motoclube arbutre, como forma de chamar atenção para prevenção da doença renal. Qualquer dúvida, entrar em contato com Enf. Regina Terra (Especialista em Nefrologia)
 
02/03/2009
robert alighator
alighator2009@gmail.com

ecologia lagoa de maricá
noticias mentirosas de retiradas de casas na orla da lagoa de mari´ca, meia duzia d casas retirdas, casas do mais miseraveis, pois tem casa praticamente dentro dalagoa despezando fossa e nada foi resolvido, casas esta construidas com apoio de politicos
 
02/03/2009
sidney
sdiasbarbosa@uol.com.br

boa idéia
Mario, que boa idéia voce deu, em vez de construir estádios de futebol, sem te-los, em vez de construir sambodramos, sem ter escola de samba, a idéia de construir zoologico é uma boa mesmo, principalmente de colocar nossos políticos como os primeiros animais a habitarem este lugar, e olha se juntar com seus auxiliares, assessores e secretariado o zoológico deve ser bem grande e bem seguro, por que senão engole os que vão visitar, tem que por cerca muito altas e correntes bem fortes para segurá-los e vigilancia 24 horas, devidos a periculosidade desses individuos. Bom dia a todos
 
02/03/2009
karin dantas
xxx

CEROL MATA MAIS UM
Com uma grande brincadeira que em tempos remotos era inocente e hj em dia virou morte para muitos motoqueiros, infelismente nesse fim de semana mais uma vítima veio a falecer de forma BRUTA e horrível tendo sua cabeça quase arrancada fora,falo assim para que pais que cuidem de seus filhos quando esses levantarem pipas com cerol nos fios e marmanjos tambem ,isso é crime e tem que ser punido quem o faz, cabe agora a polícia começar a fiscalizar também nos bairros e interrromper as brincadeiras para dar uma geral nas cordas desta , não custa nada se cada um fizesse a sua parte.
 
01/03/2009
carlos lima
carlos.lima@gmail.com

Meio Ambiente!!
É claro que se faz necessário a prservação ambiental no MUNDO e não só no Brasil. O que esta errado nessa história e os paises considerados de primeiro mundo economicamente, porem em termos ambientais são na verdade de décimo, vivem querendo fazer do Brasil a resrva natural do planeta, tratando-nos como simples silvicolas que não temos o direito sequer de participar das decisão desse governo que é simplesmente refem dessas ONGs que faturam alto do poder público e ficam espalhando terrorismo, sem se importar com as pessoas que habitam nos locais considerados extratégicos para questão ambiental; chegando ao ponto de deixar populações em estado de inanição absoluta, pois criam com respaldo da midia fatos que não são veridicios ou deveriam ser tartados com respeito á aquelas pessoas que habitam e sobrevivem naquelas regiões, e em muitos casos a anos, decadas etc.. Outro fator muito interessante foi uma matéria que vi no feriado de carnaval em um jornal transmitido pela tv Morena, onde entrevistando um catador de latinhas no municipio de Bonito, deixabdo claro que la é um lugar de bacanas (turistas) que vem e deixa o lixo pro cidadão daquela região.É claro que o municipio se desenvolveu e tem um selo ecológico que atrai gente do mundo inteiro. E é isso que quero deixar como comparativo. Se os burgueses do primeiro mundo querem que nós sejemos um povo miseravel pobres porem com muitas arvores que eles em seus paises desimaram, deveriamos ser inteligentes evamos botar preço nisso. Vamos nos tornar um Brasil de prmeiro mundo na questão ambiental e consequentemente primeiros tambem no sentido economico. Pois não é justo privar milhares e milhares de brasileiros de trabalhar, produzir só porque uma ONG, um cientista burgues maluco apresenta dados muitas das vezes sem o menor fundamneto cientifico, e ai o nosso inteligentissimo governo brasileiro aliado a uma midia muitas vezes mediocre, começa a tomar atitudes midiaticas só pra dizer aos nobres de primeiro mundo economicos e décimo mundo ambiental que vamos socorrer a terra mesmo que pra isso milhões de familias brasileira seja sacrificada. O Brasil não é culpado pelo descongelamento das geleiras glaciais. Deixo uma pergunta a alguem que tenha bom senso e responda.. Os paises considerados de primeiro mundo estão neste ranking devido ao acelerado processo desenvolvimentista. Porque eles não agem com a mesma rapides que usaram no processo de desenvolvimento e recuperam sua cotas ambientais imediatamente??? Sabem porque?? Porque la o ser humano, as familias, as necessidades são outra e tem a ver com o cidadão!! Não quero aqui fazer apolgia a devastação. Muito pelo contarario!! Temos que introduzir em nossos cidadões a cultura amnbiental que os europeus e etc. querem impor em nós pais "EM DESNVOLVIMENTO'. Se começarmos a por preços em nossas riquezas ambientais ai sim sim teremos valor como gente. Caso contrário sera como no Brasil dos anos 1500, onde se levavm todas nossas riquezas em troca de aguardente e outras bugingangas. Isso se continuar nas mãos desses gestores públicos subordinadas as ONGs internacionais vamos continuar no ritimo do Brasil na época do descobrimento.. Lamentável!!!
 
01/03/2009
Suellen S Da R Figueiredo
kittysuellen@gmail.com

Cerol, irresponsabilidade que mata
Quero deixar aqui a minha indignação contra o uso de cerol em linhas de pipas, acabei de receber a noticia de que um jovem motociclista morreu aqui no bairro Aero Rancho vitima do uso irresponsável dessa "arma". E não são só crianças que estão usando cerol, aqui na região sempre vejo adultos soltando pipa em vias públicas, colocando em risco a vida de muitas pessoas. Meu irmão passava pelo local do acidente e está muito abalado.Temo pela vida dele, de meu namorado e de muitos amigos que são motociclistas. As autoridades devem tomar uma atitude para que mais vidas não sejam perdidas por causa dessa brincadeira irresponsável. Não sou contra crianças soltarem pipas, mas desde que seja em local seguro(parques por exemplo) e sem cerol.
 
01/03/2009
ANTONIO SILVA
antonio@bol.com.br

TAXAS
SEMPRE FOI ASSIM O MDB, agora PMDB, sempre foi assim aumenta tarifa, aumenta arrecadação, quer mais cargos, paga mal os funcionários públicos, e se puder aumenta ISS,ICMS,tudo que for imposto. Ora todos nós sabiamos e continuamos a votar no PMDB. Afinal do que estamos reclamando se nós colocamos eles no PODER e queremos mais quatro anos tanto na prefeitura, quanto no governo. VIVA NELSINHO, SALVE ANDRÉ 2014.
 
01/03/2009
ANTONIO SILVA
antonio@bol.com.br

SEMPRE FOI ASSIM
Sempre foi assim o PMDB gosta de criar taxas, impostos,aumentar tarifas de ônibus... O Senador Jarbas Vasconcelos - PE e o Senador Pedro Simon - RS, já declararam como se move o PMDB. Movediço, traiçoeiro, oportunismo e capaz de tudo para ILUDIR O POVO. Tá bom assim continuando votando no PMDB. O povo quanto mais apanha mais gosta. PACIÊNCIA. Parabéns pelo aumento da TARIFA, DO IPTU e outros impostos e taxas que surgirão COM CERTEZA. VOTA NELES, VAI....
 
01/03/2009
israel cardoso de andrade
israel-1953@hotmail.com

aumento de tarifa. boicote ja
PRECISAMOS NOS UNIR, ACORDAR PRA ATUAL SITUAÇÃO QUE SOMOS MAIORIA, SOMOS A MASSA, ENTÃO PODEMOS, VAMOS BOICOTAR ESTES POLITICOS, ESTES EMPRESARIOS GANANCIOSOS, VAMOS NOS UNIR COMO SE UNEM AS GRANDES MASSAS VAMOS MOBILIZAR PESSOAS E BOICOTAR, AS GRANDES CONKISTAS NO MUNDO FORAM CONSEGUIDAS COM LUTAS E MOBILIZAÇÕES, SE FICARMOS ACOMODADOS VAMOS APENAS FAZER O QUE ESTES DETENTORES DO PODER QUEREM, FAZENDO DE NÓS GADO MARCADO.EU TOPO PARTICIPAR DE UMA MEGA MOBILIZAÇÃO DE BLOQUEIO E BOICOTE. SOU BRASILEIRO SENDO LESADO PELO PODER DOS DETENTORES DO PODER. VAMOS A LUTA GENTE, POREM SEM NENHUM POLITICO OPORTUNISTA METIDO NO MEIO. EU TOPO
 
01/03/2009
carlos lima
carlos.lima@gmail.com

Tarifas, taxas, roubalheiras etc....
Antes de tudo a população que ta ai protestando, indignada com toda razão, não deve se esquecer que essa escória disfarçadas em gestores públicos foram eleitos por nós mesmos. E só a gente se lembrar que povo poe o povo tira e esse poder nós temos mais não exercitamos e a coisa corre frouxa da maneira que esta. Lamentável!!!!!!
 
01/03/2009
carlos red jr
dosmancarlos@yahoo.com.br

O QUE SERÁ,HEIM?
Porque será que a tv Morena,afiliada da tv Globo tem enserido nas propagandas institucionais (essas propagandas de governos),anuncios do Governo do Estado de SP,que aliáz está sob a administração do tucano Jose Serra?Será que é uma forma que encontraram para divulgar o nome daquele governador,já visando as próximas eleições para Presidente do próximo ano,colocando-o na mídia,em forma de propagandas institucionais,(mesmo que discreta)mas fazendo uma pré campanha eleitoral? Tenho informes que essas mesmas "propagandas institucionais"estão sendo veiculadas em outros estados pelas afiliadas da tv Globo.Seria legal isso?estariam tentando burlar as leis? Observo também que a tv Globo colocou o seu batalhão de jornalistas para tentar "fazer" a opinião ou "mudar" a mesma as respeito do Governo Lula.É bom nós, o povão, ficarmos espertos com a venenosa propaganda politica que a Globo tenta impor ao povo.É um perigo contra a própria democracia.Fiquemos atentos.Tá dado o recado!
 
01/03/2009
Celina Barbosa
capuccinocelina@ig.com.br

êta passaginha de ônibus cara sô!
Infelizmante o nosso alcaide,demonstra estar contra o mesmo povo que o elegeu.Mas lembrem-se quem muito em breve,daqui uns 4 ou 5 anos,ele virá pedir o nosso voto.Espero que o povo lhe dê uma banana,assim como ele está dando a nós.E vamos-que-vamos.
 
28/02/2009
Marcos Hanemann
lentedeaumento@usp.br

Vamos todos morrer no pau
No final do ano passado, a Câmara Municipal de Campo Grande aprovou a chamada lei do poste. Lei injusta, lei cruel, em certos aspectos, inconstitucional, mas lei. O prefeito disse que a cumpriria quando quisesse e se fosse preciso. Agora, sem avisar qualquer vereador, passando por cima de todos os órgãos reguladores, o mesmo Trad, reeleito, decreta o aumento das tarifas de ônibus. Os membros do legislativo mudaram no início do ano, as práticas, não. A única função do parlamento continua sendo a de servir para escárnio do prefeito. Acredita-se, erroneamente, que os eleitos recebem uma procuração em branco da população para tomar as decisões que quiser. Engano. O mandato eletivo precisa estar sobre as vistas e os cuidados dos cidadãos. Vale a máxima de que o preço – módico – da liberdade é a eterna vigilância. E o que vigiar? O bom uso das instituições. Como o próprio nome diz, o parlamento não brotou da terra, foi instituído por um grupo de homens para cumprir uma função determinada. Isso vale para todas as outras, desde o Ministério Público até as polícias. É claro que, na nossa democracia ímpar, na qual os tribunais não são tribunas e nos parlamentos o povo tem que se calar, as instituições carecem de melhorias, quiçá de novos alicerces. Em suma, de cuidados, não de desprezo. A aceitação passiva dos cidadãos – e não existe cidadania submissa – não acarreta apenas em pagar vinte ou quarenta centavos a mais por cada viagem de ônibus. Reflete a ausência de um poder legislativo no município. A Câmara está lá, perto do shopping, mas não faz diferença nenhuma. É como os programas do Didi. Eles existem, às vezes até a gente pega uma propaganda deles, mas se alguém perguntar quem é o elenco, ninguém sabe. Quando troveja, aparecem um monte de santas bárbaras. O deputado Pedro Kemp entrou com uma representação contra o tarifaço, o presidente da OAB estuda medidas legais e apela para opinião pública, e assim vai. Sempre acontece. Quando tiraram os cobradores, o Ministério Público do Trabalho rangeu os dentes; a Promotoria do Consumidor, há anos, tenta desvendar as planilhas de custos. Resultado: nada. Porque o problema não é deles, o problema é do povo. E o povo: apático. De maneira que, ou o povo decide que os seus representantes não servem para ficar sentados numa cadeira concedendo favores a quem for lá suplicar ou atendendo aos interesses de seus financiadores de campanha (da última e das próximas), ou então ele que se conforme com a sua posição de prego.
 
28/02/2009
Tania Nugoli
tanianugoli@gmail.com

E a coisa não fica só ai
Na sua nova acomodação politica o nosso distinto prefeito acomodou um certo ex vereador que não consegui se eleger. O duro de tudo isso é que o lugar que o mesmo ocupa virou um gabinete politico, parece a famosa casa da mãe joana. Estou conpletamente passada é o meu ou melhor o nosso dinheiro que esta sendo usado para esse certo fulano tentar ser deputado. Onde vamos parar. que seja perto porque de onibus tá ficando muito caro.
 
28/02/2009
Márcio Amaral
amaral_marcio@hotmail.com

Obrigado Sr. Prefeito
Obrigado Sr. prefeito por ter tomado a decisão de manter o aumento da passagem de onibus coletivo. Afinal R$ 2,50 vai ser o valor minino necessario para os empresarios do setor melhorar a frota, manter os onibus limpos, melhorar os salarios dos motoristas e logisticas das empresas. Obrigado Sr. prefeito por ter pensado na grande massa da população que precisa deste tão precioso meio de transporte. Pois sem ele não poderiamos ir e vir. R$ 2,50 não é um valor tão abusivo não é mesmo prefeito? Afinal as pessoas de baixa renda conta as moedas para comprar pãe e leite.... Porque não contar moedas para pagar passagem de onibus? E quem sabe com este aumento diminui os usuários?? Assim os onibus iriam trafegar com menas pessoas... diminuindo os apertos dentro dos coletivos.. Olha.. se formos analisar.. a passagem a R$ 2,50 só vem a dar beneficios.. Obrigado mesmo prefeito.. você é amigo do povo.!!
 
28/02/2009
karin
karin.dan@zipmail.com.br

EMPACOU
Nelsinho não recua e Campo Grande terá a tarifa mais cara do País, só me falem um coisa alguma vez na gestão dele ele recuou em favor do povo de uma decisão que ele tomou? Me citem alguma, pois que eu sei mula quando empaca fica no mesmo lugar não sai mais e o que é pior atrapalhando os outros.
 
28/02/2009
ABRAO RAZUK
abraorazukadv.@hotmail.com

panegírico tributo ao magistrado
Nesta oportunidade,gostaríamos de externar publicamente nosso sentimento pela perda do ilustre e probo magistrado dr.luís ataíde. Vítima de acidente de moto.Trata-se de fatalidade. Os árabes dizem "maktoub". Foi magistrado exemplar.Homem digno.Por certo,a magistratura nacional perdeu um grande cidadão. Fica pois,nossas homenagens a este ilustre homem público. Cumprimento seus familiares,dando-lhes nossas condolências. Abrão Razuk ex-magistrado.
 
28/02/2009
Luiz Pereira
luizpereira8@.hotmail.com

Financiadoras de campanha
Todos sabem que essas empresas de transportes são caixas fortes nas campanhas políticas. Vocês acham que o Sr.Prefeito vai contrariar os seus caixas de campanha? Com certeza ele vai negar tudo isso, mas acreditem quem quiser,eu não. Gente 2,50 (Dois Reais e Cinquenta Centavos), é muito dinheiro para uma passagem de ônibus para um percurso curto como o nosso. Em São Paulo se paga menos e se anda léguas e léguas no mesmo ônibus. Outro diferencial é a renda percapta do trabalhador da periferia de lá, que é em média de 900,00 reais por mês, a nossa percapta aqui é baixissima, no entanto, a nossa passagem é caríssima. Os empresários andam rindo de orelha-a-orelha, pois sempre conseguem o que querem. O nosso povo é passivo demais, tudo acontece, reclamam mas não se mexem. Está na hora de ir às ruas,fincar o pé e não aceitar ser roubado. As vans seriam uma solução, mas o cartel não deixa.Quando não se tem competência para gerenciar, abre-se outras possibilidades para quem tem habilidade e competência.
 

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150 151 152 153 154 155 156 157 158 159 160 161 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 172 173 174 175 176 177 178 179 180 181 182 183 184 185 186 187 188 189 190 191 192 193 194 195 196 197 198 199 200 201 202 203 204 205 206 207 208 209 210 211 212 213 214 215 216 217 218 219 220 221 222 223 224 225 226 227 228 229 230 231 232 233 234 235 236 237 238 239 240 241 242 243 244 245 246 247 248 249 250 251 252 253 254 255 256 257 258 259 260 261 262 263 264 265 266 267 268 269 270 271 272 273 274 275 276 277 278 279 280 281 282 283 284 285 286 287 288 289 290 291 292 293 294 295 296 297 298 299 300 301 302 303 304 305 306 307 308 309 310 311 312 313 314 315 316 317 318 319 320 321 322 323 324 325 326 327 328 329 330 331 332 333 334 335 336 337 338 339 340 341 342 343 344 345 346 347 348 349 350 351 352 353 354 355 356 357 358 359 360 361 362 363 364 365 366 367 368 369 370 371 372 373 374 375 376 377 378 379 380 381 382 383 384 385 386 387 388 389 390 391 392 393 394 395 396 397 398 399 400 401 402 403 404 405 406 407 408 409 410 411 412 413 414 415 416 417 418 419 420 421 422 423 424 425 426 427 428 429 430 431 432 433 434 435 436 437 438 439 440 441 442 443 444 445 446 447 448 449 450 451 452 453 454 455 456 457 458 459 460 461 462 463 464 465 466 467 468 469 470 471 472 473 474 475 476 477 478 479 480 481 482 483 484 485 486 487 488 489 490 491 492 493 494 495 496 497 498 499 500 501 502 503 504 505 506 507 508 509 510 511 512 513 514 515 516 517 518 519 520 521 522 523 524 525 526 527 528 529 530 531 532 533 534 535 536 537 538 539 540 541 542 543 544 545 546 547 548 549 550 551 552 553 554 555 556 557 558 559 560 561 562 563 564 565 566 567 568 569 570 571 572 573 574 575 576 577 578 579 580 581 582 583 584 585 586 587 588 589 590 591

Voltar


Artigo do dia
João Campos
Teoria e Prática
Entrevista
Diretor do CRA fala da importância do profissional administrador na gestão pública
Loteria
Ninguém acerta, Mega-Sena acumula e pode dar R$ 50 milhões