Midiamax
BUSCA: 
 Capa

 Últimas Notícias

 Pimenta no Reino

 Bastidores

 Transparência

 Política

 Polícia

 Emprego

 Tecnologia

 Esportes

 Geral

 Mundo

 Brasil

 Agronegócio

 Economia

 Cultura

 Cinema

 Entretenimento
Articulistas






Espaço do Leitor
Espaço do leitor
Blogs
 Alex Fraga

 Ana Cavalheiro

 Cozinha de Raízes

 Eugênia Amaral

 Falo Blogo Escrevo

 Festas e Eventos

 João Campos Online

 Papo de Pregão
 Fernando Soares
Mais Lidas
01 Amigos de ‘Alexandrinho’ promovem hashtags de orações a ameaças a policiais militares

02 Grávida faz progressiva em salão e desaparece após cartão 'não passar'

03 Colisão entre caminhão e ônibus na BR-163 mata quatro pessoas e deixa vários feridos

04 ALL abre vagas de trabalho para candidatos com ensino médio em Campo Grande

05 Havan diz que vai reparar cliente constrangido por funcionário na loja de Campo Grande

Acesso Fácil
Faça da Midiamax sua página inicial
Espaço do Leitor


Envie sua opinião

16/06/2009
Servidores da Saúde
xx

Assessor fumante.
Cara leitora Bella, não confunda alhos com bugalhos. Os desmandos e outras que existem o imperador fumante faz parte "rs", "está dentro" entende ? Haja visto que não é funcionário da saúde, mas sim, cargo comissionado. Então como vê o tal " homem de brio" que citou, está agora com dois problemas. rs
 
15/06/2009
José Nilson Bucco
jnbucco@hotmail.com

Tremores assustam moradores da região norte
Os tremores é claro assustaram a população de Rio Negro, mas o que está assustando mesmo, é o prefeito municipal Sr Joaci Nonato de Rezende, que não paga os funcionarios a mais de quatro meses, e nem os transportadores de aluno, a cidade está um verdadeiro caos.
 
15/06/2009
José Nilson Bucco
jnbucco@hotmail.com

Tremores assustam moradores da região norte
Em Rio Negro tbm ocorreram tremores entre l8,40 e l8,45, mas não com tanta intensidade. Graças a Deus
 
15/06/2009
Adenauer
adenauer61@hotmail.com

TRANSITO E MOTORISTAS IRRESPONSAVEIS
OUVIR E VER UMA MAE CHORAR A PERDA DE UMA CRIANÇA DE 11 ANOS DE IDADE É REVOLTANTE. E NA QUALIDADE DE CIDADÃO RESIDENTE NESTA CAPITAL DE MS NAO POSSO ME FURTAR DE REGISTRAR A MINHA SOLIDARIEDADE COM AS FAMILIAS QUE PERDERAM SEU UNICO BEM PRECIOSO QUE É UM(A) FILHO(A) OU PARENTES, SOBRETUDO A MINHA INDIGNAÇÃO E REVOLTA COM A INOPERANCIA DAS AUTORIDADES E PODERES CONSTITUIDOS. PORTANTO, CRITICAR E CAIR NO ESQUECIMENTO NAO FAZ PARTE DA MINHA ATITUDE, RAZÃO PELA QUAL PASSO A FAZER A SEGUINTE PROPOSITURA SUGESTIVA, A QUAL DEVERA SER UMA FERRAMENTA PARA CIVILIZAR OS CONDUTORES DE AUTOMOTORES DESTE ESTADO, QUAL SEJA: CONSIDERANDO QUE AS ESTATISTICAS CAOTICAS DO NOSSO TRANSITO REGISTRAM ENVOLVIMENTOS EM ACIDENTES DE TRANSITO PRATICADOS POR CONDUTORES COM IDADE ENTRE 18 ANOS E 25 ANOS É QUE PROPONHO ALTERAÇÃO NO PERIODO DE UTILIZAÇÃO DA CARTEIRA PROVISORIA A QUAL DEVERA CONSTAR DE 01 (UM) ANO PARA 02 (DOIS) ANOS AOS CONDUTORES DE IDADE ENTRE 18 E 30 ANOS; 01 (UM) ANO AOS DE IDADE ACIMA DE 30 ANOS E 06 (SEIS) MESES AOS CONDUTORES DE IDADE ACIMA DE 45 ANOS, RATIFICADA COM AS PENALIDADES EXISTENTES EM LEI. TAMBEM REGISTRO, O SUCESSO DE LEIS ESTÁ NA CERTEZA DA PUNIÇÃO DAQUELES QUE A INFRINGEM. VAMOS DAR UM FIM NESTE GENOCIDIO DO NOSSO TRANSITO VALORIZANDO A EDUCAÇÃO, RESPEITO E SOCIABILIDADE RESCIPROCA, SOB PENA DE RESPONSABILIZAR O ESTADO DA OMISSÃO. ATENCIOSAMENTE. Adenauer
 
15/06/2009
mauro
maurogomes2008@yahoo.com.br

GOVERNO PSDB-JOSÉ SERRA/SP
ATENÇÃO - EMAIL RECEBIDO

URGENTE REPASSEM A TODOS OS POLICIAIS QUE TIVEREM CONTATO:
O DEP. OLÍMPIO GOMES - PV


Sr. Presidente, Sras.Deputadas, Srs. Deputados, funcionários desta Casa,cidadãos que nos acompanham pela TV Assembléia, cidadãos que nos visitam hoje, sejam bem-vindos.


Volto à tribuna para bater na velha tecla dos salários dos policiais. Fica parecendo samba de uma nota só, mas o desespero e a desconsideração a que são submetidos os policiais obrigam-me, insistentemente, a vir a esta tribuna para lembrar não só aos nossos parlamentares, mas ao Governador, insensível e perseguidor da polícia. Quando há uma luz no fundo do túnel, muitas vezes, o Governador substitui essa luz pela luz de um trem, para cima dos policiais. Eu me dirijo a toda família policial e a toda comunidade porque o Deputado Arnaldo Faria de Sá apresentou a PEC nº 300, que estabelece uma equiparação dos salários dos policiais militares brasileiros, de todos os 26 estados, com os da Polícia Militar do Distrito Federal. Hoje um soldado de polícia no Estado de São Paulo ganha dois mil reais; em Brasília, ganha 5,6 mil reais. E a União arcará com a diferença.
Logicamente, como temos a Lei 731 no Estado de São Paulo, de equivalência salarial dos policiais civis e militares, o benefício será estendido também aos policiais civis. É um projeto de emenda constitucional e poderia dizer da impropriedade de vinculação de um estado a outro, mas o projeto foi tão bem formulado que os 68 deputados da Câmara votaram unanimemente para assegurar a constitucionalidade.


Sou agora pego de surpresa porque já temos um abaixo assinado eletrônico realizado pelos policiais militares, em todo o País, com 2,3 milhões de assinaturas, e um aceno positivo do Governo Federal. Um representante de uma regional da Associação de Cabos e Soldados diz textualmente que o Governador José Serra proibiu a entidade de se envolver em qualquer manifestação salarial, seja em âmbito estadual ou mesmo de apoio à PEC 300, sob a penalização de se suspender, dos holerites dos policiais militares, a cobrança da mensalidade e outros descontos, o que levaria a entidade à falência em pouco tempo. Ainda afirmou que o Governador não deseja ver aprovada a PEC 300. Vejam o ranço e o preconceito do Governador José Serra para com os policiais. Ele não deseja ver aprovada a PEC 300, não pela falta de recursos, e sim para que não sirva de propaganda política durante a eleição presidencial.
A União está dizendo “vou arcar com a diferença para que os soldados policiais militares paulistas tenham um salário mais digno e por consequência a extensão aos policiais civis.” O Governador está preocupado que isso vai ser utilizado pelo Presidente Lula como um mote de campanha presidencial - dar dignidade aos policiais brasileiros. Está ameaçando retirar o código de desconto das entidades que apoiarem a PEC. O Estado de São Paulo não põe um centavo no bolso para compensação disso, como nenhum estado põe. Quem vai arcar é a União. E ele vê nisso que vai se criar uma legião de quase um milhão de policiais brasileiros, fazendo propaganda política a quem o Presidente Lula indicar. Quem dera fôssemos compensados com dignidade, e o Governador está preocupado com a sua eleição, e não com a dignidade da família policial brasileira. Como a nossa TV Assembléia só alcança o Estado de São Paulo, peço aos meus irmãos, policiais militares, que mandem para todas as entidades em todo o País: José Serra é contrário à dignidade da família policial brasileira. Ele está preocupado com as próximas eleições e não com salário digno aos policiais. E peço a todos os policiais militares: se as entidades estarão amordaçadas por esse tipo de ameaça, nós não vamos nos calar. Vamos apoiar o Congresso Nacional, a Câmara dos Deputados, que nesse momento, está sequiosa de votar a PEC 300, e vamos continuar o movimento em todo o País pela dignidade salarial dos policiais militares que, por extensão, será dado aos policiais civis.
O Governador não tem o direito de colocar seus anseios pessoais, a sua expectativa tirânica e imperial de conquista de poder e deixar achincalhados e na humilhação todos os policiais brasileiros, porque essa lei é um projeto de emenda constitucional que acaba dando dignidade à família policial brasileira. Voltarei a falar desse déspota, chamado imperador José Serra.



Muito obrigado.


Sexta-feira, 8 de maio de 2009

Diário Oficial Poder Legislativo São Paulo, 119 (84) –folha 15
 
15/06/2009
abrão razuk
abraorazukadv.@hotmail.com

errata
ERRATA. VOO 447 EM VEZ DE VOO 477.
ATENCIOSAMENTE
ABRÃO RAZUK,
 
15/06/2009
Luiz Carlos Nogueira
lcarlosnogueira@gmail.com

Crise de incompetência
Mudar o nome do Estado de Mato Grosso do Sul para Estado do Pantanal, ou para qualquer outro nome, é pura crise de incompetência para não dizer outra coisa muito mais pejorativa.

A opinião mais sensata, mais honesta e mais inteligente foi emitida pelo Sr. Eduardo Crivellente Neto (que aliás não é nem Sulmatogrossense), sócio da Remat (Empresa de marketing e propaganda), na edição nº 808, do Jornal de Domingo, de 07 a 13/06/09, pág. 05. Segundo esse empresário, cuja opinião eu comungo inteiramente: “...a discussão foge da real necessidade do que realmente deveria ser feito. Primeiro é preciso um trabalho para direcionar e esclarecer a nível nacional os 26 Estados....Nunca se fez um trabalho de esclarecimento ou talvez uma campanha no Jornal Nacional mostrando onde realmente estamos e quem somos....o MS nunca se apresentou tecnicamente, fora das fronteiras...”.

Ora, se algum fulano quer que a mãe dele seja conhecida, não é preciso mudar o nome dela. Que faça então a divulgação do nome dela. Mudar o nome da mãe significa perder a referência materna. Aí será o caso de alguém perguntar: De quem tu é fio seu minino? Aí o cabra certamente irá responder: Di dona Vulgata (nome mudado) qui fazia pasté in Parmeira, lá na istação daquele treim que iá prá Curumbá antigamente, viste? Ao que o outro certamente responderia: Sei não quem é!!! Quem ieu cunhecia lá, que fazia pasté, éra uma tar de Dona Gerôncia!!! Nunca ixistiu lá essa tar de dona Vulgata!! (Pronto, ficou pior ainda).

Depois eu pergunto: Que vai pagar todas as despesas com a regularização dos nossos documentos, desde a carteira de identidade??? Algum deputado por acaso??? Algum empresário??? Quem???? Isto é resultado de quem está voando muito e ficou tonto???

Teve gente que chorou na Televisão (pura arte dramática) porque Mato Grosso do Sul não sediará a Copa do Mundo. Esses chorões por acaso já choraram pelos aposentados deste País, que vivem em condições precárias??? Já Choraram de vergonha com as despesas de viagens aéreas (para passeio inclusive de familiares e amigos) até para o exterior, pagas com o dinheiro público??? Já choraram pelos desabrigados e famintos, aqueles que perderam seus empregos??? Já choram pelos que não podem ter um tratamento médico-hospitalar digno???

Ora, não podemos ficar mudando as coisas por causa dos que são ignorantes (até por conta do descaso próprio) e não sabem das localizações geográficas dos países, Estados, cidades, etc. (parece que antigamente isso era bem ensinado nas escolas) alguém já disse que a ignorância é a nutriz do erro e a mãe de todos os vícios, portanto, já é tempo dos nossos legisladores pararem de inventar moda e trabalharem não como diletantes, mas como verdadeiros homens públicos.
 
15/06/2009
nei
xxx

Procurando Culpados
Fico imaginando se o acidente com o voo 447, fosse aqui no Brasil, com brasileiros e empresa brasileira, garanto a voces que estariam procurando culpados até agora, tinha que achar um culpados pelo desastroso desastre, mas como vimos os franceses (ou paises mais evoluidos, se é que pode dizer assim) procuram as causas do acidente, como se ve, primeiro recebeu a indenização a empresa Air France, e eles dizem que ainda é cedo para falar em indenização aos "parentes" das vítimas, já pensou se fosse aqui, indenizações iriam primeiro para os gananciosos dos "parentes" dos brasileiro, que não lamentam a perda, mas sim lamentam a falta de pagamento das indenizações, pois, a tristeza é somente 1 minutos depois do acedende e enfrentes as camaras de TV, depois é só alegris e reclamações sobre o que, Indenização, a mesma coisa acontece com a escolha de Cuiaba para uma das sede da Copa, o dinheiro mudou de mãos, então os politicos e autoridades do Estado reclamam pelo que, indenização ou como queiram compensação (lembra do Ricardo Teixeira) assim que ele falou compensação.
Como é duro ser brasileiro e honesto, como é duro ser culto e principalmente inteligente neste Pais de mediocridade.
 
15/06/2009
Valfrido Leite Rolim
rolim_geografia@yahoo.com.br

Nomeações secretas
Mais um escândalo está se desencadeando na política nacional com as ditas "nomeações secretas" até que ponto chegamos ...??? Acho que está na hora dos segmentos organizados da sociedade se manidestarem, levando às ruas a indignação do povo que trabalha e paga elevados impostos para manter esses PARASITAS nomeados sem concurso pelos políticos, que deveriam ser os guardiões da moralidade pública, mas se comportam como verdadeiros "CHUPA CABRAS" dos cofres públicos...a sociedade não deve achar isso normal...deve se manifestar já!!! , antes que eles vistam a pele de cordeiro e venham novamente pedir votos e fazer promessas que jamais irão cumprir.
 
14/06/2009
Bruno
phosp@zipmail.com

Até tu , Delcidio?
Li essa semana que o Sen Delcidio tem acomodada uma funcionaria aparentada do Sarney, que mora em Campo Grande, mas está lotada em Brasilia no Congresso.Pelo andar da carruagem tem cheiro de nepotismo cruzado, e o pior é que ninguem a conhece no gabinete de Delcidio.Isso ta com cheiro de fantasma.è preciso o MP apurar isso e caso constate a fantasmice dessa senhora, que a mesma devolva todo dindin que recebera de nossos impostos.E eu que pensava que o Delcidio era um politico correto...
 
14/06/2009
diego de souza de q.
diegoq@hotmail.com

poupança
o governo do MS irá pagar caro pela poupança que vem sendo depositado na vida de muitos PM do MS, através das ações de seus protegidos, os reponsavel pela instituição PM, ( ASSEDIO MORAL, COAÇÃO MORAL, PERSEGUIÇÃO ETC.) Iremos até a última estancia seu orti. até brasilia e se possível até a corte internacional. Vc verá.
 
14/06/2009
Bella
isabelaortt@yahoo.com.br

O assessor fumante
Olha, não é querer defender o assessor da secretária de saúde que fuma sem parar não, mas para aguentar aquele esquema que vigora na Secretaria de Saúde, só mesmo fumando muito para enfrentar tamanhos desmandos... É isso aí, homem de brio não aguenta ser tratado como moleque, então extravasa no charuto...
 
14/06/2009
José Milton
miltompinheiro@bol.com.br

Mídia a favor de quem?
Olha gente, será que temos que ficar assistindo essas propagandas veinculadas na tv e rádio fazendo apologia ao "governo" no poder? Isso é abuso da máquina pública, cadê o MP? A gente liga a tv para assistir alguma coisa e lá vem propaganda do governador, rádio a mesma coisa!!!!!!! Por favor, prá quê eles estão lá ganhando salários altíssimos??? Propaganda enganosa e imoral........
 
14/06/2009
Lauro Silva
aquenaton@hotmail.com

Ilustre quem?
Li na imprensa que uma "celebridade" chamada Priscila, levou multidões ao shopping só para vê-la. Pois bem. Quem essa pessoa? Deve ser uma grande e talentosa artista. Mas de que área? Música, cinema, teatro? Ou uma grande esportista, campeã de alguma modalidade ou vencedora de medalhas em competições internacionais. Ou será que ela ficou famosa por ser autora de alguma coisa importante ou por contribuir com a sua inteligência e talento para algo realmente relevante? Realmente a inversão de valores que leva multidões a disputar espaço para ver alguém que simplesmente apareceu na TV pode ser uma das causas da grande mediocridade geral que anda por aí. Será que é por isso que o Brasil ocupa um dos últimos lugares no ranking de educação e instrução do povo e que só tem uma universidade, a USP, listada entre a 200 melhores do mundo?
 
14/06/2009
Waldir Júnior
waldirmattos@uol.com.br

Errata
Sobre a matéria: "Três Lagoas completa 94 anos de vida" me admira muito a redação deste site conceituado a falha cometida ao dizer que Três Lagoas é a terceira maior cidade do MS com 86.000 habitantes. Corumbá é a terceira maior cidade do MS com 100.000 habitantes, é o maior exportador do MS e a segunda economia do MS. Porque insistem em não reconhecer a importância de Corumbá!
 
13/06/2009
marcelo ribeiro
marceloalcantara26@hotmail.com

ESTADO DO MATO GROSSO DO SUL OU PANTANAL OU BODOQUENA OU GUAICURUS OU .......???
É IMPRESSIONANTE as justificativas, desculpas ou lamentações de certas autoridades públicas de nosso estado, desviando de seus afazeres, de suas atribuições e de suas (im)competencias p. levantar essa bandeira velha e desnecessaria da mudança do nome do nosso querido estado. falta-lhes grandeza de espírito público, agenda mínima de infraestrutura e investimentos em grandes obras, valorização cultural e historica da nossa terra e principalmente reafirmação da nossa identidade, do nosso nome, ele ja existe há mais de trinta 30 anos. um pouquinho d historia e geografia não faz mal a ninguem, nem as nossas crianças e muito menos as nossas autoridades.
o norte foi mais competente e rapido no quesito se candidatar, se "vender" para a CBF e a FIFA, TRES ANOS ANTES D SE OFICIALIZAR AS CAMPANHAS DAS SUB-SEDES, E TBM OUTROS QUESITOS Q SÓ MEMBROS D MAFIA CONHECEM COMO FUNCIONA O SISTEMA $$$.
NAO ACEITO A DESCULPA DE QUE PERDERMOS DOIS JOGOS EM NOSSA CAPITAL, PARA SE JUSTIFICAR UMA MUDANÇA NO NOME DO ESTADO, ISSO É INADMISSIVEL, É UMA VERGONHA, REDUZIR NOSSO ESTADO COMO UM SIMPLES PRODUTO, QUE QDO CONVEM HÀ ALGUNS, OU DESAGRADA A OUTROS MUDA-SE O NOME D ESTADO, P TENTAR CONSERTAR SUAS INCOMPETENCIAS, COMODISMO A FALTA D CARATER. FALTA D ESPIRITO PUBLICO, FALTA D ESTADISMO.
É MATO GROSSO DO SUL, SIM, COM MUITO ORGULHO E TBM TEMOS O PANTANAL, A SERRA D BODOQUENA, BONITO E TANTAS OUTRAS BELEZAS NATURAIS EM DIVERSOS PONTOS DO ESTADO. Q MARAVILHA SERIA SE PUDESSEMOS TROCAR D POLITICOS DESNECESSARIOS E SUPERFULOS. E Q TRISTEZA É SABER Q NÃO SE FAZEM MAIS UM ACM, NO BOM SENTIDO D PALAVRA, Q HOJE A BAHIA É ANTES E DEPOIS D ACM. OU UM MARIO COVAS, Q TRANSFORMOU SAO PAULO. OU AINDA UM PEDRO PEDROSSIAN, Q NÃO SÓ IMPLANTOU UM CANTEIRO D OBRAS NESTE ESTADO MAS DESENVOLVIMENTO E PROGRESSO D VERDADE MUDANDO A CARA DOS 4 CANTOS DE MS. SAUDADES D DR PEDRO. ABRAÇOS A TODOS E Q VENHA O PLEBISCITO.
 
13/06/2009
Bruno
phosp@zipmail.com

Santa Casa
Engraçada essa novela da Sta Casa.Todo mundo quer ser o protagonista, sinal que a novela é boa, deve ser da Rede Bobo.O titulo dessa novela deve ser "Manda quem pode, obedece quem tem juizo", e o autor é o Nelson Trad, né não?
 
13/06/2009
WALTER
WALTER-PORTUGUES@HOTMAIL.COM

HOSPITAL DO CANÇER DE BARRETOS.
ALELUIA, ALELUIA, ALELUIA, QUE OTIMO QUE BOM QUE MARAVILHA QUE VOCES DESCOBRIRAM. NA MANCHETE DE CAPA DE HOJE 13.06.09 AO INVES DE ESCREVEREM PACIENTE, VOCES DEVERIAM ESCREVER NO PLURAL PACIENTES DE MS PROCURAM O HOSPITAL DO CANÇER DE BARRETOS, JA TIVEMOS CASOS NA FAMILIA E EM UM DELES FOI TRATADO EM BARRETOS, SO QUE FOI CUMPRIDA A VONTADE DO PAI, MAS FORAM MUITO BEM CUIDADOS E TRATADOS, TRATAMENTOS ESSES COMO AS SENHORAS DIZEM EM SEUS RELATOS, MOSTRA MUITO BEM O ATENDIMENTO QUE NOS AQUI DO INTERIOR DO MS TEM, CONHEÇO INUMEROS DE CASOS DE PESSOAS AQUI DE NOSSA REGIAO QUE PROCURAM O ATENDIMENTO DO HOSPITAL DO CANÇER DE BARRETOS, TEM CIDADES QUE FAZEM ATE PROMOÇOES PARA ANGARIAR FUNDOS PARA AJUDAR O REFERIDO HOSPITAL, SERIA MUITO BOM QUE VOCES DA MIDIA DO MS CONHEÇA EM LOCO A BARBARIDADE QUE NOS CIDADOES DO INTERIOR ENFRENTAMOS COM RELAÇAO A SAUDE, TEM DIAS QUE NEM MEDICOS TEM NO HOSPITAL PARA ATENDER A COMUNIDADE, DIGA SE DE PASSAGEM QUE O HOSPITAL DE NOSSA CIDADE TEM UMA SENHORA ESTRUTURA, SO FALTA MEDICOS, QUERO PARABENIZAR O MIDIAMAX PELA MATERIA E TAMBEM A DIREÇAO E FUNCIONARIOS DO HOSPITAL DO CANÇER DE BARRETOS PELOS SERVIÇOS PRESTADO, DIGO MAIS, SEM DISTINÇAO DE REGIAO BRASILEIRA, E QUE NOSSA SENHORA DE FATIMA NOS AJUDE.
 
13/06/2009
Luis Antonio
larocha@hotmail.com

Ainda a Copa
Passada a fase inicial de indignação dos campograndenses pela indicação de Cuiabá, e agora analisando o fato com mais serenidade, seria oportuno lembrar que as alegadas forças misteriosas e as razões políticas e econômicas que determinaram a escolha, ao invés de serem encaradas como algo impróprio e anormal no processo, devem ser consideradas dentro da real importância que elas tem, ou seja, interesses políticos são os fatores mais importantes para a escolha das sedes e em segundo lugar vem as razões econômicas.Se apenas competência e organização fossem fatores decisivos todas as Copas seriam na Europa e, se política, dinheiro e “outros interesses” não fossem importantes, nunca haveria uma Copa do Mundo na África, por exemplo.
Festas e entusiasmo são fatores secundários no processo. Assim não adianta nada levar índios fantasiados para receber o pessoal da FIFA e CBF no aeroporto, escoltá-los pela cidade com um bando de estranhos e barulhentos triciclos, mandar crianças agitar bandeirolas de papel colorido e colocar mulatas semi-despidas para dançar para eles na frente do Papocu. O que faltou para Campo Grande ser sede da Copa é exatamente tudo aquilo que essa cidade realmente não tem.
 
13/06/2009
Orlando das Neves
o.neves@hotmail.com

SUGESTÃO
Que tal mudar o nome para Estado da FUNAI. Afinal se eles conseguirem devolver os 26 municípios para o índios, são eles mesmo que vão mandar aqui. Além disso pode parecer politicamente correto aos olhos da opinião pública que costuma apoiar coisas desse tipo e agradar as ONGs internacionais que apoiam o ministro Minc e que pensam que capital do Brasil é o Rio de Janeiro.
 
12/06/2009
OSCAR
umporvez@hotmail.com

Migração, Saúde e Moral.
Com o respeito devido a todos os leitores, mas não dá para aceitar tantas bobagens que se falam por aí. Impressionante como a maioria das pessoas são extremamente ingênuas em relação ao que se falam e dizem nas esferas do poder. Mudar o nome do Estado, nesse momento, parece um pano de fundo para questões críticas que os atuais governantes não conseguiram fazer conforme prometido. Ainda aparece cidadãos que conforma-se com essa situação e ainda "aprofunda" na lábia dos dirigentes políticos. Conforme li nesse espaço, leitores evidênciando Campo Grande como feudo e que deveria estar livre dos sofrimentos de todos os "interioranos", citando como causa o inchaço da capital, o fluxo de migrantes para Campo Grande, que por todas as razões comentadas uma delas seria a causa da pobreza. O segundo fato a transferência de doentes de outras cidades para a capital. O terceiro fato a condução de ordem moral dos políticos do interior. A razão de tudo isso está no orgulho e no preconceito contra todos os cidadãos do Mato Grosso do Sul, exceto, segundo o comentarista os de Campo Grande. Entretanto, esquece ele, que os mandatários de Campo Grande, tem o dever em fatiar e repartir o bolo de toda a receita do MS. Recursos que poderiam garantir uma melhor saida para a Saúde e Emprego e Rendas para as populações do interior do Estado, deixando Campo Grande aos campograndensses. E o que o comentarista não deveria esquecer, é o fato de que todo o interior é o maior gerador de rendas ao Estado. A mudança de nome do MS para outro qualquer, não vai mudar essa realidade. Vivemos em um Estado que se pensa rico e se vive como rico, mas na realidade, é pobre. A grande maioria das populações do MS, é pobre, por isso, os recursos que o Governo do Estado deveria investir na cidadania desses interioranos, aplica na também Capital. Isso é como a flor para a abelha. Todos queremos melhorar de vida, ter saúde, ser cidadão. Enquanto se vive uma pretensa cidadania em Campo Grande, arrasta-se pelos poucos recursos da saúde nos Municípios. Ainda tem cidadão que acentua o preconceito contra o direito a vida. Ora, se vão capital para tratar de um mal, é um direito que lhe cabe para preservar a sua vida. O doente não tem culpa pela incompleta distribuição dos recursos a saúde. Vão a capital para curar-se, já que a maioria dos recursos fica nela. Ela é a prima dona do Estado e por tal deve ter todos esses serviços em qualidade. Quanto as qualidades morais, é um problema do seu e do nosso feudo caro comentarista. Sentimos a falta da moral nos meios políticos. Estamos todos carentes de verdades morais. Problemas dessa ordem verificamos em todo o Brasil, portanto, não basta atirar, tem que mirar primeiro. O que penso na verdade, é o comentário está eivado de preconceito contra os interioranos desse Estados, os quais são cidadãos como os campograndensses.
 
12/06/2009
Tania
espiritus77@hotmail.com

Cuidado ZECA
numa reunião ontem foi lansado a candidatura de silvio colombelli para o diretorio regional na casa do mesmo.
 
12/06/2009
abrão razuk
abraorazukadv.@hotmail.com

o voo 477
A imprensa mundial anunciou a queda do airbus da Air France.
Morreram 228 pessoas.
Cincoenta e oito eram brasileiros.
Essa tragédia que enlutou várias famílias.
Somente com a descoberta da caixa preta é que saberemos efetivamente o que acontenceu.
Foi falha humana ou mecânica ?
O fato está envolto de mistério.
Só mais tarde que saberemos a verdade.
Será que a tecnologia avançada dessa aeronave não foi suficiente para atravessar o cúmulo nimbo ?
Se o piloto tivesse utilizado o controle manual não teria desviado do cb ?
Tudo isso nos deixa inseguro e será que vale a pena viajar de avião?
Essa indagaçao gostaríamos que os detentores desse poder econômico nos respondesse.
Creio que a compahia air france vai ter que indenizar essas vidas que foram ceifadas e somente o tempo dirá.
Precisamos ter mais cuidado com esses voos,senão o povo ficará psicologicamente assustado em viajar e com isto,prejudicaria o turismo e o intercâmbio cultural
e até mesmo a viagem por vaidade e outras coisas.
A viagem de automóvel por estradas brasileiras ofereça alguma segurança?
Creio que nenhuma.
Entre o avião e o automóvel ainda preferimos viajar de boing e se puder evitar o air bus.
Com a palavra,os mestres no assunto.Gostaria que outras pessoas mais entendidas se pronunciassem,máxime os pilotos.
Até breve,com outro assunto.
obrigado.
Abrão Razuk. Advogado e Membro da Academia Sul-matogrossense de Letras.
 
11/06/2009
José Tibiriçá Martins Ferreira
tibioricaferreira@yahoo.com.br

Zeca do PT passa a integrar a classe ruralista de MS
Muito boa a filiação do ex-governador Zeca do PT na classe ruralista do Mato Grosso do Sul. Agora ele vai saber quanto é difícil de se manter uma propriedade. Presidir um sindicato bancário é mais fácil, pois recebe dinheiro dos filiados. Tem uma boa aposentadoria do banco do brasil, foi governador por duas vezes. Agora com relação ao seu retorno ao governo do Estado, imagino que não seria ideal, afinal temos que eleger pessoas com cabeça e idéias novas.
Nós douradenses, temos uma opção que é o vice-governador Murilo, empresário bem sucedido, foi deputado estadual, federal, infelizmente não conseguiu chegar à prefeitura de Dourados. Dentre os três candidatos, a populaçáo optou pelo atual, a cidade nesses cinco meses não está no caminho certo, o comandante não está sabendo conduzir o navio.
 
11/06/2009
Marcio Torres
mvieiratorres@uol.com.br

mudança no nome do Estado de MS
Mudança do nome do Estado de Mato Grosso do Sul.
A intenção de mudar o nome do nosso Estado renasceu com a perda para Cuiabá-MT na disputa para ser uma das sedes da Copa do Mundo de 2014. O Governador, alguns parlamentares e o prefeito de Capital são favoráveis à mudança e reconhecem a falta de identidade do nosso querido Estado. Pretendem a mudança para Estado do Pantanal (PN). No entanto, a questão não é tão simples assim, senão vejamos:
Inicialmente, cumpre ressaltar que a perda na disputa para ser uma das sedes para 2014, por si só, não justifica a mudança. José Orcírio (Zeca do PT) quando foi governador pretendia a mudança, contudo, por razões óbvias, encontrou resistência porque pretendia utilizar a sigla “PT” para representar “Estado do Pantanal”. Atualmente, os defensores da mudança do nome concordam com a sigla “PN”.
A alegada falta de identidade do nome Mato Grosso do Sul existe praticamente desde a sua criação em 1977. Em praticamente todos os encontros, reuniões, realizados em nível interestadual ou nacional, ouvimos nosso Estado ser chamado de “Mato Grosso”. Não é diferente nos meios de comunicação, a exemplo do que ocorreu há poucos dias com um apresentador de telejornal da Rede Record de São Paulo, ao noticiar que um preso seria transferido para um presídio em Campo Grande, no “Mato Grosso”.
Os moradores da região do bolsão sulmatogrossense, que faz divisa com os Estados de SP, MG e GO, sempre ouvem sermos chamados de Mato Grosso. Importante destacar nada temos contra o Estado de Mato Grosso, mas devemos ter identidade própria, por vários motivos, especialmente para divulgação do nosso turismo em todas as regiões e não apenas o Pantanal.
A maioria dos defensores da mudança de nome de Mato Grosso do Sul para Estado do Pantanal entendem ser necessária a realização de consulta popular mediante plebiscito. No entanto, um plebiscito requer um gasto enorme e com todo respeito, desnecessário diante do atual quadro de crise mundial. A própria mudança do nome, uma vez realizada, trará inúmeros gastos aos cofres públicos.
A mudança do nome do Estado é necessária e urgente, todavia, sem realização de plebiscito. Importante destacar que para efetivamente alcançarmos a pretendida e justa identidade própria, deverá ser mudado também o horário oficial do Estado.
O atual horário oficial do Estado, também conhecido como “horário de Mato Grosso”, atrasado em 01 (uma) hora em relação ao horário de Brasília, deve ser igualado ao horário de Brasília. Mudar o horário certamente encontrará mais resistência do que mudar o nome do Estado.
Os senadores Delcídio e Valter Pereira apresentaram projetos nesse sentido e o senador Valter Pereira entende necessário o plebiscito para tal finalidade. Há muito tempo não se tem notícias sobre os projetos.
As pessoas contrárias à mudança do horário, especialmente os moradores da Capital e da região oeste (Corumbá), vislumbram problemas de adapatação com o novo horário devido ao adiantamento de uma hora, especialmente em relação aos distúrbios do sono e relógio biológico. No entanto, não é uma situação totalmente inédita porque temos o horário de verão todos os anos e nesse período vivemos com o horário adiantado.
Por outro lado, certamente a eventual dificuldade de adaptação não se evidencia com os moradores das demais regiões, tais como Mundo Novo (divisa com PR), Três Lagoas (divisa com SP), Aparecida do Taboado (divisa com SP e MG), Paranaíba (divisa com MG e GO) , Chapadão do Sul (divisa com GO); porque possuem divisa com Estados que utilizam o horário oficial de Brasília.
Os motivos ensejadores da mudança no horário oficial do Estado vai além da adapatação de moradores das regiões. Nào se pode olvidar que o horário atrasado em relação ao horário oficial de Brasília traz vários transtornos aos nossos cidadãos, ao comércio, órgãos públicos, etc.
Vivemos atualmente a era da informação com rapidez e especialmente em tempo real. As notícias são veiculadas na rede mundial de computadores (internet), nos telejornais. As transmissões de eventos esportivos principalmente, são realizadas ao vivo. Dessa forma, não mais se justifica a programação de televisão atrasada em uma hora.
O atraso do horário em um hora também evidencia diferenças desnecessárias, por exemplo, no fechamento do horário bancário, na totalização do resultado das eleições pelo TRE e TSE, no horário de funcionamento do comércio, de aeroportos, do turismo, e também no fechamento da bolsa de valores.
Se pretendemos ter identidade própria e reconhecimento até mesmo internacional, revela-se urgente não só a mudança do nome de MATO GROSSO DO SUL para ESTADO DO PANTANAL (PN), mas também que seja igualado o horário oficial do Estado ao horário oficial de Brasília; sem a realização de plebiscito em qualquer caso.


MARCIO VIEIRA TORRES
APARECIDA DO TABOADO-MS
 

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150 151 152 153 154 155 156 157 158 159 160 161 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 172 173 174 175 176 177 178 179 180 181 182 183 184 185 186 187 188 189 190 191 192 193 194 195 196 197 198 199 200 201 202 203 204 205 206 207 208 209 210 211 212 213 214 215 216 217 218 219 220 221 222 223 224 225 226 227 228 229 230 231 232 233 234 235 236 237 238 239 240 241 242 243 244 245 246 247 248 249 250 251 252 253 254 255 256 257 258 259 260 261 262 263 264 265 266 267 268 269 270 271 272 273 274 275 276 277 278 279 280 281 282 283 284 285 286 287 288 289 290 291 292 293 294 295 296 297 298 299 300 301 302 303 304 305 306 307 308 309 310 311 312 313 314 315 316 317 318 319 320 321 322 323 324 325 326 327 328 329 330 331 332 333 334 335 336 337 338 339 340 341 342 343 344 345 346 347 348 349 350 351 352 353 354 355 356 357 358 359 360 361 362 363 364 365 366 367 368 369 370 371 372 373 374 375 376 377 378 379 380 381 382 383 384 385 386 387 388 389 390 391 392 393 394 395 396 397 398 399 400 401 402 403 404 405 406 407 408 409 410 411 412 413 414 415 416 417 418 419 420 421 422 423 424 425 426 427 428 429 430 431 432 433 434 435 436 437 438 439 440 441 442 443 444 445 446 447 448 449 450 451 452 453 454 455 456 457 458 459 460 461 462 463 464 465 466 467 468 469 470 471 472 473 474 475 476 477 478 479 480 481 482 483 484 485 486 487 488 489 490 491 492 493 494 495 496 497 498 499 500 501 502 503 504 505 506 507 508 509 510 511 512 513 514 515 516 517 518 519 520 521 522 523 524 525 526 527 528 529 530 531 532 533 534 535 536 537 538 539 540 541 542 543 544 545 546 547 548 549 550 551 552 553 554 555 556 557 558 559 560 561 562 563 564 565 566 567 568 569 570 571 572 573 574 575 576 577 578 579 580 581 582 583 584 585 586

Voltar


Artigo do dia
Ruben Figueiró
Luta que não desfalece
Entrevista
“Queremos fomentar o comércio e ajudar as associações a conquistar espaço”, diz presidente da Faems
Loteria
Mega-Sena saiu para uma única aposta