Você está aqui

Prefeitura transfere para novo prédio a Sectur, que já foi alvo de ação de despejo

Valor do aluguel ainda estaria em negociação

A titular da Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo), Nilde Brun, afirmou durante reunião com o Conselho Municipal de Cultura, na última quarta-feira (9), que a pasta deverá deixar até o fim de fevereiro o prédio situado na Rua Brasil. O novo destino cotado para a secretaria é o antigo prédio do Forum Trabalhista Senador Ramez Tebet, na Rua João Pedro de Souza, no bairro Vila Glória.

Em nota a Sectur afirmou que os detalhes da negociação estavam a cargo da Segov (Secretaria Municipal de Governo e Relações Institucionais) .Após contato com o Jornal Midiamax, o titular da pasta, Antônio Cezar Lacerda Alves, confirmou que há uma negociação para o aluguel do prédio, porém não adiantou valores. "Por enquanto estamos só com esse [prédio]. [Sobre o valor do aluguel] não tem informação. Não tem nada fechado, estamos apenas conversando. Nem o TRT entregou o prédio ainda", afirmou o secretário.

De acordo com a Sectur, a mudança é motivada pelo aumento da demanda e dos postos de trabalho no prédio, atualmente pequeno para a Sectur, que aglutina na mesma pasta as ações de desenvolvimento de políticas tanto para a Cultura como para o Turismo.

Histórico

Prédio atual da Sectur já não comporta postos de trabalho da pasta (Acervo Midiamax)

 

 

O atual prédio da Sectur, onde a Fundac (Fundação Municipal de Cultura) funcionou até sua extinção, em janeiro de 2017, já passou por diversas polêmicas e até ameaça de despejo por duas vezes. Com dívida que chegou a quase R$ 100 mil, o então prefeito Alcides Bernal (PP) chegou a cogitar levar a pasta para um prédio dentro do Horto Florestal e para o prédio do Incra, mas não executou a promessa.

O prédio foi alugado ainda na gestão de Nelsinho Trad (atual PTB) e atualmente é cedido para o Executivo ao custo mensal de R$ 6.189,11 - valor atualizado até outubro de 2016. Na época, só de IPTU a dívida da Prefeitura chegou a quase R$ 43 mil e R$ 55,7 mil de aluguel. O imóvel conta com 12 salas com banheiro privativo, sendo duas recepções, uma no térreo e outra no primeiro andar. Possui ainda, estacionamento com 10 vagas.

Tópicos