Você está aqui

Primeiro Sarobá do ano ocupa Praça do Preto Velho e traz programação para as crianças

Seminário Arena Aberta debate a resistência cultural de Campão

O evento cultural que tem, nos últimos anos, reunido grande parte dos ativistas e admiradores da boa música, poesia, artes e junção afetiva, está de volta. Idealizado pelo Teatro Imaginário Maracangalha, o Sarobá já faz parte do calendário festivo de Campo Grande.

Em sua primeira edição neste ano, ele chega com tudo nesta sexta-feira (12) e sábado (13) e tem como chamariz – Sarobá Coisa do Preto. Como de praxe, às sextas-feiras o Sarobá traz o seminário Arena Aberta que para esta edição terá o tema: ‘A Retomada da Cidade’ com os debatedores – Lidiane Lima do Coletivo Viva Rua, Marcos Matos – Grupo Dança Urbana, Thiago Silva – Najom, Roma Román do SOS Cultura, Anderson Lima do Comboio Teatral e da Rede Unida.

De acordo com Fernando Cruz, o diretor do TIM, o tema do Sarobá é realizado a partir de uma discussão grupal e tem sempre um assunto que é relevante ao que o mundo vive. “Tudo parte de um coletivo, todas as decisões são de acordo com o que o grupo pensa”, conta.

A escolha de Coisa do Preto surgiu por conta da resistência que a Praça do Preto Velho tem na Capital. “Faz horas que a gente observa a Praça do Preto Velho, principalmente o pessoal da capoeira e dos terreiros, que é quem a ocupa mais e achamos relevante fazer o Sarobá lá, justamente porque Sarobá surgiu para fazer esse resgate de espaços públicos e o movimento de luta dos pretos velhos, a luta da liberdade e todos os movimentos que estão acontecendo no mundo”.

Já sobre o tema do Seminário, Cruz diz que a cidade necessita de um debate crítico que embase a cultura em si. “Vivemos um momento político da insuficiência humana, as pessoas estão buscando a rua de novo e mesmo sem incentivo do poder público e com todo o conservadorismo existente, elas querem e necessitam da arte, de socializar e as pessoas estão fazendo isso, independente de ‘apoio’ e nós também”, argumenta.

A mediação do Seminário Arena Aberta será feita por Cruz. O seminário acontece Às 19h na sede do grupo (Rua Joaquim Murtinho, nº 2.204) e para esta vez conta com a apresentação da escola de Curimba do Mestre Edson Nesk.

Festa Sarau

Já para a Festa Sarau, que será comemorada no feriado santo, várias atrações artísticas e performances estão pré-agendadas. A começar pelo Varal de Poesia que desta vez será em homenagem aos 100 anos de Lobivar Matos.

O evento de sábado, começa sempre às 14 horas e, por isso, há também programação para os pequenos. A Cia das Artes irá participar com a roda ‘Leitores ao vento’ e também haverá escambinho e contação de histórias.

“Vamos potencializar a cultura da infância, por isso estamos adiantando a programação da Festa sarau para os pequenos também serem incluídos, lá a grama é legal e tem sombra ...é lindo; queremos que as crianças aproveitem o máximo a praça e o encontro que as praças proporcionam”, avalia o diretor.

Capoeira, moda, gastronomia, literatura, circo e teatro e toda a inclusão cultural é vista no Sarobá. A Praça do Preto Velho fica na Avenida Fábio Zahran – na Vila Progresso. Mais informações no Facebook do evento.

Tópicos