Você está aqui

Servidores recorrem ao Dieese para saber 'limite' do reajuste salarial

Estudo fica pronto na segunda-feira

O Fórum dos Servidores Estaduais de Mato Grosso do Sul, que unifica sindicato de todas as categorias de trabalhadores, recorreu ao Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudo Socioeconômico) para fazer levantamento que deve estabelecer o índice possível e prudente de reajuste salarial dos trabalhadores para este ano. A rodada de negociação começa em maio, e o estudo será apresentado ao Governo do Estado para justificar a porcentagem de reajuste salarial pleiteada.

“Fechamos parceria com o Departamento, a técnica responsável vai nos apresentar um índice viável de reajuste para então negociarmos com o Governo”, explica o presidente do Fórum, Fabiano Reis. De acordo com ele, o documento deve ficar pronto até a próxima segunda-feira (24).

Nesta semana, ofício do fórum foi enviado ao Governo. O documento dá o prazo de até a próxima segunda-feira (24) para que o Governo agende uma reunião para começar as tratativas.

De antemão o presidente da entidade afirma que é consenso em todas as categorias a exigência de que em 2017 ao menos o índice da inflação seja reposto no salário dos trabalhadores. “Não abrimos mão disso”, finaliza.

Em nota, a assessoria de comunicação do Governo do Estado informou que "as negociações com os representantes das 48 carreiras do Poder Executivo Estadual encontram-se em estágio avançado", e que "desde o dia 4 de abril a SAD (Secretaria de Administração e Desburocratização) segue um cronograma de reuniões individuais com os representantes das categorias.

Tópicos