Você está aqui

Sem apoio financeiro da Prefeitura, Carnaval terá desfile de 9 escolas em 5 dias de folia

Em 2017 repasse foi de R$ 160 mil

Na onda da crise, neste ano os blocos e escolas de samba que vão participar dos cinco dias de folia do carnaval de Campo Grande não vão receber apoio financeiro do Município, ao contrário do ano passado quando a Lienca (Liga das Entidades Carnavalescas) recebeu repasse de R$ 160 mil da Prefeitura. Em 2017 a contribuição será com a organização técnica.

Conforme a Prefeitura, “o cenário econômico desfavorável” foi a justificativa para o corte do repasse de verba para a realização do carnaval.  Com o apoio de diversas secretarias municipais, serão oferecidas equipes de segurança, limpeza, iluminação e organização do trânsito.

De acordo com a programação da Lienca, que organiza o desfile das escolas de samba, a primeira apresentação no dia 27 começará às 20 horas, com o desfile dos Herdeiros do Samba. Em seguida, às 21 horas entra na avenida a Unidos do Aero Rancho, Unidos do São Francisco às 22h10, Cinderela Tradição do José Abrão, às 23h20 e por fim, à 0h40 a Unidos do Cruzeiro.

No último dia de desfile, a primeira a desfilar será a Unidos da Vila Carvalho, às 20 horas, Igrejinha às 21h10, Os Catedráticos do Samba às 22h40 e finalizando o desfile das escolas de samba, a Deixa Falar encerra as apresentações às 00h40.

Antes mesmo do início do Carnaval, no dia 23, o bloco Evoé Baco começará o esquenta na Orla Ferroviária, localizada na Rua 14 de Julho, esquina com a Avenida Euler de Azevedo, a partir das 18 horas.  No dia 26, quem quiser prestigiar a animação do desfiles dos blocos carnavalescos deve se programar para chegar às 18 horas na Esplanada Ferroviária, na Avenida Calógeras, próximo à Feira Central.

 

Tópicos