Você está aqui

Réveillon: Bonito e Nordeste do País são destinos mais procurados por sul-mato-grossenses

Procura por pacotes cresceu 60% desde agosto 

Empresários do setor do turismo em Mato Grosso do Sul afirmam que Bonito, distante 300 quilômetros de Campo Grande, ainda é o destino turístico mais procurado no Estado, tanto para quem é daqui, como para quem vem de outros estados e países. Para os sul-mato-grossenses que optaram por ir mais longe e cruzar as fronteiras do Estado, os especialistas afirmam que a região Nordeste do País têm sido o local campeão de procura.

O preço da passagem de ônibus de Campo Grande até Bonito custa R$ 60 reais. O serviço é diário e a viagem dura cerca cerca de 5 horas. Chegando lá, hotéis e pousadas oferecem diárias a partir de R$ 147. Dependendo do lugar o preço aumenta e pode chegar até a R$500. Porém, especialistas alertam que é preciso se antecipar, já que em período de alta temporada valor da hospedagem tende a dobrar.

“O melhor período para começar a se planejar e fechar pacotes é entre os meses de julho e agosto. Para quem quer garantir um bom preço é preciso se antecipar”, aconselha Vanessa Ramos, gerente de uma agência de viagens.

Pedro Fialho, gerente de uma agência de viagens afirma que de agosto para cá aumentou em cerca de 60% número de interessados em viajar para o nordeste no réveillon. Para quem se antecipou, uma viagem de 5 dias para Maceió, cidade mais procurada por seus clientes, custou em média R$ 7.500, valor bem inferior ao ofertado agora.

“Hoje só a passagem aérea está custando cerca de R$ 6 mil. Por isso é importante para quem pretende viajar se antecipar, caso contrário o valor dobra, podendo até triplicar”, explica.

Na lista de cidades procuradas pelos turistas dentro do Estado estão listadas também Corumbá, Miranda, Aquidauana, Rio Verde e Ponta Porã.  

 

Tópicos