Você está aqui

Lanchonetes do Mercadão implementam sistema de gás natural

Foi a última etapa para atender às normas de segurança

Um dos locais mais populares de Campo Grande, o Mercadão Municipal Antônio Valente completa 60 anos em 2018 e está totalmente revitalizado. De acordo com a Prefeitura, a última etapa do processo para que o local se adequasse às novas normas e exigências de segurança é a implantação de um sistema de gás, inaugurado nesta terça-feira (20). Até então, o local funcionava com uma certidão provisória. 

O Presidente da Associação dos Comerciantes do Mercado Municipal, Cleuber Linares, afirma que o local há tempos faz a adequação às novas regras de segurança e este foi o último passo para conseguir a certificação do Corpo de Bombeiros. “Tudo que o Corpo de Bombeiros pediu a gente fez. São muitas as exigências, e eles estão certos, e nós nos readequamos, com todas as precauções”, frisou. Segundo o Governo do Estado, a ação além de representar uma economia em torno de 50% nos custos com o uso de gás, levará mais segurança aos estabelecimentos. 

O Mercadão Municipal passou por várias modificações, entre elas a troca da parte elétrica, pisos, cobertura, instalação de corrimões, construção de banheiro com acessibilidade e mudanças para garantir o tráfego e evitar congestionamentos. Cleuber Linares afirma que os processos foram possíveis graças às parcerias com o executivo municipal e estadual, o próximo desejo é a criar de uma praça de alimentação.

O diretor da MS Gás, Rudel Trindade Jr., afirma que o Mercadão é um ícone de gastronomia e turismo na Capital e a empresa fornece gás natural para cinco estabelecimentos inicialmente e pretende ampliar. De acordo com o diretor, o Mercadão será bonificado com quase seis meses de gás natural.

Tópicos