Você está aqui

Campo Grande 118 anos: Após três décadas de espera, bairro Nova Lima recebe asfalto

Obra foi lançada oficialmente neste sábado

  • (Cleber Gellio/Midiamax)
  • (Cleber Gellio/Midiamax)
  • (Cleber Gellio/Midiamax)
  • (Cleber Gellio/Midiamax)
  • (Cleber Gellio/Midiamax)
  • (Cleber Gellio/Midiamax)
  • (Cleber Gellio/Midiamax)

Um dos bairros mais antigos de Campo Grande, o Nova Lima presencia início das obras de asfaltamento no mês em que a cidade completa 118 anos. Neste sábado (12) o prefeito Marquinhos Trad (PSD) faz caminhada pelas primeiras ruas que vão receber asfalto: o quadrilátero composto pela Jerônimo de Albuquerque, Consul Assaf Trad, Zumira Borba e Marques de Erval.

Esta será primeira fase com previsão de conclusão em um ano e investimento de 20,7 milhões, segundo antecipou o secretário de Obras, Rudi Fiorezi. “Mas a entrega também depende das condições climáticas”, lembrou o titular da pasta. Os períodos de chuva costumam ser conturbados quando o assunto é asfalto.

Antes do término da primeira fase, será aberta licitação para as outras três que virão na sequência. Ao todo 23 ruas vão ser asfaltadas, totalizando 145 mil metros quadrados, com 8,5 quilômetros de drenagem, com custo final de R$ 67 milhões. Os recursos são da Prefeitura, governo do Estado e Caixa Econômica Federal.

Hoje são 65 trabalhadores e 25 máquinas, sendo que ao longo da obra a equipe pode chegar a 100 homens. As próximas etapas vão abranger as imediações do Jardim Anache e José Tavares. Sobre prazos, Marquinhos explicou não querer cravar datas, justamente pelos percalços que podem ocorrer. “Depois, se acontece alguma coisa, caem de pau em mim”, disse.

Mas, dia específico não está na preocupação dos moradores que aturam poeira há anos, principalmente em épocas secas como a de agora. “O Nova Lima é um dos bairros mais antigos de Campo Grande. Tem mais de 60 anos e há pelo menos 30 a comunidade espero por isso. É um sonho virando realidade”, contou o representante do bairro, João Marcelo.

Nesta primeira etapa da pavimentação está programado o asfaltamento das ruas Sócrates; Dona Maria Izabel; Dom Sebastião Leme; Santo Inácio de Loiola;  Júlio Prestes; Eugênia Lima; Randolfo Lima; Assunção  Borba;  Martin Faustino; Botafogo; Eugênio Silvério; Alfredo Borba; Padre Antonio Franco; Firmo Cristaldo; Galileu; Aquiles; Celina Baís Martins, além das avenidas Carlota Joaquina e Cândido Garcia.

Tópicos