Você está aqui

Funeral de ex-comandante da PMMS tem homenagens de colegas de farda

Coronel Geraldo Garcia Orti estava internado há 20 dias

Vários amigos e colegas de profissão prestaram suas últimas homenagens ao ex-Comandante Geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, coronel Geraldo Garcia Orti, 61, durante velório nesta manhã desta terça-feira. Ele faleceu ontem após complicações decorrentes de pneumonia, depois de ficar aproximadamente 20 dias internado. O velório teve início às 8h no Palácio Maçônico Grande Oriente do Brasil.

O comandante Geral da Polícia Militar, coronel Waldir Ribeiro Acosta externou sua tristeza pela morte do companheiro e disse em nome de toda a corporação, que hoje a tropa amanheceu com muita tristeza. “Orti foi ícone na corporação, quando comandou a PM ele fez inúmeras melhorias principalmente reformulando o serviço da inteligência”.

Orti está recebendo todas as honras militares e pela manhã também ocorreu uma formatura especial que serviu como homenagem ao ex-comandante. Quem também não deixou de homenageá-lo, foi o presidente da Associação dos Oficiais da Polícia Militar de MS, coronel Alírio Villasanti.

“Recebi a notícia com tristeza. Foi um profissional que dedicou toda sua vida da profissão com muita ética e correção de atitude, ele é uma referência positiva por sua conduta tanto na área militar quanto na vida civil”, lamenta.

O coronel Ozevaldo Santos Melo contou ao MidiaMax que trabalhou diretamente com Orti quando era major e elogiou a conduta do coronel. “Ele sempre tratou muito bem quem se relaciova com ele, era muito amigo e educado”, elogiou.

O oficial entrou na Polícia Militar em 14 de fevereiro de 1978 e formou-se aspirante a oficial em 22 de novembro de 1980, pela Brigada Militar, no Rio Grande do Sul

O sepultamento será às 16h30 no cemitério Memorial Park.

Tópicos