Você está aqui

Abaixo-assinado virtual tenta impedir fechamento de Centro de Línguas

Governo confirmou fechamento do CEL-MS

Um abaixo-assinado virtual tenta evitar o fechamento do CEL-MS (Centro Estadual de Línguas e Libras de Mato Grosso do Sul) Professor Fernando Peralta Filho em Campo Grande e em Dourados –a 225 quilômetros de Campo Grande. A petição popular “Não fechem o CELMS” está sendo divulgada no Facebook e até o momento, tem pouco mais de 700 assinaturas. 

O fechamento foi divulgado de surpresa aos alunos e professores na semana passada. Após repercussão e diversas críticas, a SED (Secretaria Estadual de Educação) informou que “o CEL não está vinculado ao atendimento dos aspectos prioritários da Educação Básica prevista em legislação”.

Na data, os alunos contaram que a informação era de que a decisão foi anunciada pelos professores e que seria por “falta de verbas”. A SED informou que considerando o contexto atual [...] dará início ao processo de descontinuidade dos módulos dos cursos atualmente em andamento no CEL. Os módulos de cursos que estão em andamento serão finalizados, conforme programação”. 

Ao Jornal Midiamax, a SED justificou que menos de 25% dos alunos matriculados no centro se encaixam no perfil de estudantes que cursam o ensino médio e suas modalidades nas redes públicas de ensino – ou aqueles que são bolsistas em escolas particulares e que “estudantes da rede pública já são contemplados, na grade curricular da Educação Básica, desde o sexto ano do Ensino Fundamental, com o componente curricular de Língua Estrangeira Moderna (LEM), que oferece Inglês ou Espanhol”.

 

Tópicos