Você está aqui

Polícia Federal realiza operação em Minas para combater pornografia infantil

Operação Batata Quente

A PF (Polícia Federal) deflagrou nesta segunda-feira (5), em Minas Gerais a operação Batata Quente, com o objetivo de

combater a circulação de conteúdo de pornografia infantil na internet. Foram realizadas buscas em três endereços de Belo Horizonte, um de Caratinga, um de Curvelo e um de Papagaios. Equipamentos de informática apreendidos passarão por perícia.

Durante a operação, duas pessoas foram presas em flagrante por posse de material pornográfico ilegal. Suas identidades não foram reveladas. Uma das prisões ocorreu na capital mineira e a outra em Caratinga.

Segundo a PF, os investigados não se relacionam diretamente, mas vinham usando contas de e-mail e aplicativos de mensagens para disseminarem imagens e vídeos com cenas de abusos sexuais infanto-juvenis. De acordo com o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), as penas para este tipo de crime variam de um a seis anos de reclusão.

 

Tópicos