Busca  Busque neste blog




17 de Fevereiro de 2012 às 07:30

EDUCAÇÃO - Parceria oferece apoio técnico para avaliação do ensino médio


Pará, Ceará, Mato Grosso do Sul, Goiás, São Paulo e Piauí unidades da Federação que participam do programa Ensino Médio Inovador, do governo federal, também irão integrar o Projeto Jovem de Futuro, que é uma iniciativa do Instituto Unibanco. Estes estados vão receber apoio técnico para qualificar a gestão do ensino médio. Um termo de cooperação técnica, assinado nesta terça-feira, 14, entre o Ministério da Educação e o Instituto Unibanco, garante a parceria. De acordo com o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, o índice de evasão no ensino médio é muito grande e os governos da União e dos estados precisam ampliar as parcerias em busca de soluções para o problema. Desde 2009, quando foi instituído o Ensino Médio Inovador, o MEC repassa recursos para que as secretarias estaduais de educação reestruturem os currículos e aumentem progressivamente o número de horas de aula anuais. Para Mercadante, além de buscar mecanismos que estimulem a permanência dos jovens na escola, é preciso modificar a estrutura do currículo, para que ela seja mais criativa, acolhedora e motivadora. “A escola tem que se modernizar, buscar entender um pouco a juventude, essa inquietação, essa vontade de participar”, explicou. Então, diz o ministro, o Ensino Médio Inovador e o Projeto Jovem de Futuro “são para nós um caminho bastante importante para avaliar essas metodologias.”(mec)
Esta matéria não contém comentários.