Busca  Busque neste blog



04 de Setembro de 2010 às 12:28

EDUCAÇÃO - Investidos R$ 880,2 milhões em 135,6 milhões de exemplares em livro didático


Com recursos de R$ 880,2 milhões, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) fez a aquisição de 135,6 milhões de exemplares de livros didáticos a serem usados por estudantes da educação básica pública a partir de 2011. Num investimento de R$ 151,4 milhões do FNDE, as obras serão distribuídas pelos Correios a todas as escolas do país entre outubro e janeiro.


“Esses números expressam a importância do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) para a educação no país”, disse nesta quinta-feira, 2, o diretor de ações educacionais do FNDE, Rafael Torino. Segundo ele, as negociações com as 21 editoras que tiveram livros escolhidos pelas escolas foram fundamentais para se chegar ao valor médio de R$ 6,49 por exemplar. “Com as grandes quantidades envolvidas, conseguimos reduzir o preço final”, afirmou.


A maior parte das obras destina-se aos estudantes dos anos finais do ensino fundamental (sexto ao nono ano). Eles receberão livros novos de português, matemática, história, geografia, ciências e língua estrangeira (inglês ou espanhol). Os do primeiro ao quinto ano contarão com títulos de reposição.


Ao todo, o ensino fundamental terá 118,4 milhões de exemplares, no valor de R$ 700 milhões. O ensino médio vai receber 17 milhões de livros para reposição, em um investimento de R$ 180 milhões. Foram adquiridos 1.846 títulos diferentes para todo o país.


Cada livro do PNLD deve ser usado por três anos consecutivos — será reaproveitado por outros estudantes nos períodos letivos seguintes. A exceção fica para as obras de alfabetização do primeiro e do segundo anos do ensino fundamental, classificadas como consumíveis e usadas por apenas um aluno. (mec)

Esta matéria não contém comentários.