Você está aqui

[ BASTIDORES ] Aliados abusaram da ‘ingenuidade’ para evitar emendas

Governador ‘ignorou’ visita de ministro à Capital

Ingênuo?

Parlamentar da base aliada revelou ‘certa ingenuidade’ ao justificar ausência na análise de projeto de interesse do Executivo. Isso porque os interlocutores do ‘chefe’ lhe asseguraram que a matéria não será apreciada, e foi.

Ausente

O governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), não esteve na agenda que o ministro Gilberto Kassab teve com o prefeito Marquinhos Trad (PSD) em Campo Grande. O titular da pasta de Tecnologia no governo Temer disse que conversou pelo telefone com o tucano e prometeu voltar ao estado para ter agenda com ele.

Geral

Ao defender o ministro, citada pelos delatores da Operação Lava Jato, o líder do prefeito na Câmara, vereador Chiquinho Telles (PSD), disparou uma pergunta, digamos curiosa. “Não estão todos na lista do Fachin (ministro Edson Fachin)?”.

Tempo

Quando a situação entre colegas está mais complicada do que a financeira, é bom até pedir aquele descanso básico da imagem para que eles não enjoem assim tão fácil. Mesmo porque a ideia é ainda permanecer por mais um tempinho entre eles.

Projeto 1

Em primeira votação, os deputados estaduais aprovaram o Projeto de Lei (PL) 61/2017, de autoria do Poder Executivo, que altera a redação de dispositivos da Lei 2.105/2000, que instituiu o Fundo de Investimentos Sociais (FIS). A proposta permite a utilização dos recursos do fundo para o pagamento da remuneração de equipe de projetos.

Projeto 2

proposta estabelece ainda o uso da verba quando aplicada pelo Fundo Especial de Saúde de Mato Grosso do Sul, pelo Fundo Estadual de Assistência Social e municípios. Os valores também poderão ser destinados à contrapartida em convênios e contratos celebrados com outros entes federados.

Proposta 1

Mato Grosso do Sul poderá contar com um Programa de Prevenção e Combate ao Jogo da Morte – Baleia Azul. A proposta de criação foi apresentada nesta quinta-feira (20/4) pela deputada Mara Caseiro (PSDB), durante a sessão na Assembleia Legislativa.

Proposta 2

Com o objetivo de prevenção do suicídio de crianças e adolescentes que aderem aos “desafios”, o Programa proposto consiste na tomada de ações conjuntas que alertem a população quanto ao perigo da prática do jogo que tem levado vários à morte em todo o mundo.

Divulgação

A Fundação Carlos Chagas (FCC) deverá divulgar dia 24 de abril os resultados da avaliação dos cotistas aprovados por meio da reserva de vagas no I Concurso Público de Provas e Títulos para Provimento de Cargos na Assembleia Legislativa (ALMS).

Resultados

De acordo com a Comissão Organizadora do Concurso, dos 115 candidatos negros convocados, 102 compareceram à entrevista de avaliação. Todos os 12 candidatos indígenas convocados participaram da avaliação e, dos 28 candidatos com deficiência aprovados, 24 foram à avaliação multiprofissional.

Tópicos