O Governo Dilma Está à Deriva

Os que estão a favor da Dilma, do governo petista podem até “pinçar” uma foto esdrúxula para descaracterizar a última mobilização do domingo, podem até questionar os números de participantes, mas vão ter que engolir, como foi forte ver os milhares de brasileiros se embrenharam pelas ruas das cidades pedindo a saída da Presidente Dilma, pedindo cadeia para o Lula e os malandros da politica brasileira, que nos últimos anos deitaram e rolaram nos lucros da Petrobras – usurpando os recursos para suas finanças pessoais e dos partidos capitaneado pelo PT (Partido dos Trabalhadores), que dirigiu a orquestra da maior ladroagem do dinheiro público do país.

Que ironia. Uma agremiação partidária que teve seu nascedouro no movimento sindical, que adentrou nas universidades, encantou gente de bem que desejava a mudança, o bom trato com a coisa publica, o partido se revelou ao chegar ao poder como um dos maiores saqueadores dos cofres públicos. Apropriou-se de projetos governamentais já criados, trocou nomes, maquiou fórmulas e ampliou a politica compensatória da Bolsa Família como instrumento adestrador de votos por todos os cantos do Brasil.

Passaram-se quase 14 anos de governo, os brasileiros começaram a sentir que o navio governamental está a deriva, os gastos e o inchamento da máquina em detrimento da governabilidade só está deixando rastro de desemprego, alta da inflação, quebradeira das indústrias, fechamento de fábricas, lojas, sem contar que os aposentados e pensionistas que depositaram esperanças de dias melhores - amargam com a perda do poder de compra e com o descaso da saúde. Nessa conta a educação superior foi sucateada, o ensino fundamental e médio é opior da AméricaLatina perdemos até para o Paraguai nosso bom vizinho.

E agora o mercado financeiro piorou suas previsões para a economia brasileira neste ano, estimando mais inflação. As estimativas foram feitas na semana passada e divulgadas no inicio deste mês de Março/2016 pelo Banco Central, por meio do relatório de mercado, também conhecido como FOCUS. O levantamento foi feito com mais de 100 instituições financeiras. Estamos num “mato sem cachorro” como dizia meu saudoso Pai Adauto. Tem mais.O PIB que é a soma de todos os bens e serviços feitos em território brasileiro, independentemente da nacionalidade de quem os produz, e serve para medir o comportamento da economia brasileira, está encolhendo.

A crise pela qual o Brasil atravessa não é apenas econômica: é também política e moral. Faltam hospitais, investimentos em obras públicas, em moradias, educação de qualidade. Para piorar, sobram escândalos e tentativas inúteis de se “tapar o sol com a peneira”, de mascarar a atuação de um governo que perdeu qualquer condição de dirigir a Nação. O Brasil, hoje, está sem rumo, sem que saibamos aonde vai parar.

O bom da democracia é que podemos sair às ruas, manifestar o nosso repúdio a tudo o que aí está e exigir que alguma coisa seja feita para reverter este quadro. Em meio a tudo isso a presidente Dilmaagora vai se ocupar em impedir o processo de impeachment, vai seguir insistindo em criar mecanismos para dificultar o

acesso dos trabalhadores ao seguro-desemprego e agora, quer “ressuscitar” a CPMF para fazer caixa. Os trabalhadores e aposentados brasileiros estão empenhados em impedir que mais este descalabro. Chega de sermos castigados pelos incontáveis desmandos e equívocos governamentais.Nossa luta é por um Brasil transparente, mais justo, desenvolvido, democrático e igualitário, com empregos de qualidade e salários que possam manter, com dignidade, o sustento de nossas famílias.Efetivamente, os brasileiros não estão mais suportando tanta inaptidão na condução do País.

Prof. Jânio Batista de Macedo – Coordenador Estadual do SINDNAPI/MS – (www.sindnapi.org.br)

App MidiaMax disponível para Download

Fique conectado a partir do seu celular!

Clique e faça download agora mesmo