Midiamax
BUSCA: 
 Capa

 Últimas Notícias

 Pimenta no Reino

 Transparência

 Política

 Polícia

 Emprego

 Tecnologia

 Esportes

 Geral

 Mundo

 Brasil

 Agronegócio

 Economia

 Cultura

 Cinema

 Entretenimento
Articulistas



Blogs
 Fernando Soares
Mais Lidas
01 Avião bimotor tem pane e faz pouso de emergência em Campo Grande

02 Universitária sofre sequestro na saída de faculdade e diz que viveu 'filme de terror'

03 'Sem ter o que comer', mulher se tranca com filhos e abre registro do gás para morrer

04 Garoto de 12 anos admite que se prostituiu e servidor também responderá por estupro

05 Cilada: servidor público com HIV usava perfil falso de garota 'provocante' para atrair garotos

Espaço do Leitor
Espaço do leitor
Acesso Fácil
Faça da Midiamax sua página inicial

26/09/2012 10:14

Embratel vai cumprir determinação da Justiça sul-mato-grossense e tirar Youtube do ar

Aumentar texto Diminuir texto

Diana Gaúna

Reprodução

A Embratel informou que vai cumprir a ordem da Justiça Eleitoral de Mato Grosso do Sul, a qual determinou a remoção do vídeo do Youtube em Campo Grande pelo período de um dia. O comunicado foi enviado pela assessoria de imprensa, em nota oficial.

Questionada se já existe uma data para a retirada da página do ar, a empresa explicou que foram solicitadas informações técnicas à Justiça Eleitoral e assim que as dúvidas forem sanadas, a decisão judicial será cumprida, mas que ainda não existe data definida, nem horário estipulado. Contudo, caso o bloqueio venha ocorrer, será apenas para clientes da Embratel.

A determinação de retirar o site do ar é devido ao fato de manter em seu catálogo vídeo atacando o candidato a prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), mesmo após a Justiça eleitoral determinar sua remoção.

A plataforma que abriga os vídeos é a Gooogle do Brasil. Contudo, a Google se restringiu a informar que a empresa está recorrendo da decisão judicial e que pelo fato de ser apenas uma plataforma não é responsável pelo conteúdo postado em seu site. O diretor da Google Brasil, Fábio José da Silva Coelho está com mandado de prisão em aberto por não cumprir determinação judicial, uma vez que o pedido de Habeas Corpus feito por seus advogados foi negado.

Caso

O diretor do Google Brasil, Fábio José da Silva Coelho, teve sua prisão decretada na quinta-feira (20), pelo juiz da 35ª Zona Eleitoral, Flávio Saad Perón, por não cumprir ordem de remoção de vídeos difamatórios contra o candidato que concorre a eleição municipal.

Na segunda-feira (24), o juiz do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul, Amaury da Silva Kuklinski, negou Habeas Corpus a Fábio. Com a negativa, a Justiça Eleitoral sul-mato-grossense acionou a Policia Federal paulistana para que efetue a prisão do diretor.

Notícias relacionadas

25/09/2012
10h53 Em nota oficial Google diz que está recorrendo da decisão da Justiça
24/09/2012
20h38 Justiça nega habeas corpus ao diretor do Google que não removeu ataques a Bernal do Youtube
23/09/2012
12h21 Por não excluir vídeos contra Bernal, juiz determina prisão de representante do Google
17/09/2012
14h43 Justiça determina exclusão de vídeos contra Bernal na internet
14/09/2012
20h22 Juiz eleitoral manda prender diretor do Google por vídeo


Comentários (13)

27/09/2012 09:45
marcos
Parabens ao Juiz que tomou essa atitude, embora ainda exista alguns seguidores do DITADOR DO ESTADO, que ache errado mas se não for tomada essas atitudes esse DITADOR manipula todos. Essas empresa deveria informar para o Juiz quem foi o autor destas publicações, nós todos sabemos que eles tem como fazer isso. BERNAL vai ganhar essa no primeiro turno. Adeus ditador.

27/09/2012 09:15
gabriel walter
na minha opinião se e lei tem que ser cumprida pois na brasil as leis só se aplicam aos pobres se um pai atrasar um dia a pencão ele já vai preso, se a lei existe tem que ser aplicada e qualquer um independente de situaçao

26/09/2012 18:36
maria
gostaria de saber se os outross canditados nao tenm nada do passado sao santos, que atire a primeira pedra quem numca errou isso e politica, dos adcersario de benal que esta sentido a derota.mas tudo isso vai resolver benal pode ter errado ma vida passado mas tdos aquele que se arepede DEUS perdoa .os adversrios jpgas surjo e com a vidas dos outros por isso tmos que mudarrrrrrrrrr

26/09/2012 17:47
Alfredo Béda
A Cicarelli do Pantanal. Apronta, cai no Youtube e a moça virgem recatada em busca de restaurar sua honra, retira do ar um serviço que serve a milhares de brasileiros. Bernal, perdeu meu voto. Tirano por Ditador, jogo meu voto fora, mas não voto em nenhum dos dois.

26/09/2012 17:02
Márcio Santos
Parabéns ao juiz! Uma grande empresa mundial, seus diretores e nós simples cidadãos, todos, todos temos que seguir a lei!

26/09/2012 13:38
Marlon Santos
Voltamos ao tempo da censura e nem me contaram, quanta baixaria! MS tá virando a nova China. Que absurdo!!! Nada como ter dinheiro :-) Pobre do povo que ainda vota!

Próximo