Midiamax
BUSCA: 
 Capa

 Últimas Notícias

 Pimenta no Reino

 Transparência

 Política

 Polícia

 Emprego

 Tecnologia

 Esportes

 Geral

 Mundo

 Brasil

 Agronegócio

 Economia

 Cultura

 Cinema

 Entretenimento
Articulistas



Blogs
 Fernando Soares
Mais Lidas
01 Homem é executado após ter caminhonete Toyota Hilux tomada por ladrões em MS

02 Candidato ganha quatro minutos de direito de resposta em programa do adversário

03 Bandidos usam sites de vendas para 'desovar' produtos roubados em Campo Grande

04 Servidor municipal é preso acusado de aliciar e incentivar prostituição de adolescentes

05 Calor e tempo seco provocam vendavais em MS e meteorologista alerta: vem mais

Espaço do Leitor
Espaço do leitor
Acesso Fácil
Faça da Midiamax sua página inicial

07/04/2014 15:09

Caso Erlon: três mil acompanham funeral de empresário morto após roubo de carro

Aumentar texto Diminuir texto

Fernanda Kintschner e Vicenzzo Vicchiatti


Segundo estimativa do Corpo de Bombeiros, três mil pessoas lotam o velório do empresário Erlon Peterson Pereira Bernal, que morreu aos 32 anos após ser vítima de um roubo de carro, seguido de morte. Amigos, parentes, membros da Igreja Congregação Cristã no Brasil a qual Erlon participava acompanham a cerimônia na tarde desta segunda-feira (7) no Parque Ayrton Senna, em Campo Grande.

O sentimento de comoção é forte e muitos preferiram não falar com a imprensa. Um rapaz que preferiu não se identificar disse que convivia com Erlon na igreja e que todos estão muito ressentidos. “Vocês não verão ninguém da igreja clamando por justiça, porque por mais que ficamos assustados com a crueldade, existe a justiça de Deus”, alegou.

Neste momento muitos estão ajoelhados em oração. No centro da quadra onde acontece a cerimônia está uma foto do empresário e seu caixão. As ruas entorno estão movimentadas e vários carros preenchem o estacionamento.

O enterro está marcado para as 16 horas de hoje no Cemitério Jardim das Palmeiras. Um cortejo será feito para seguir até o local.

Segundo o Corpo de Bombeiros, que acompanha o velório, devido ao forte calor duas pessoas já passaram mal.

Desaparecido por cinco dias

O empresário desapareceu por volta das 16 horas de terça-feira (1º), após sair de casa para se encontrar com um possível comprador do carro que ele havia anunciado no site de vendas online Bom Negócio. Conforme a família, ele teria ido encontrar o suposto comprador próximo da rotatória e da fábrica da Coca-Cola.

A mulher da vítima tentou ligar para o celular do empresário, que estava desligado. O pai, Lino Bernal de 57 anos, então foi à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro registrar um boletim de ocorrência. A Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos) investigou o caso e achou o corpo de Erlon em uma fossa no bairro São Jorge da Lagoa.

A princípio, o pai do empresário, acreditava na possibilidade de sequestro. Ele revelou que o filho havia acabado de comprar um carro novo e por isso estaria vendendo o carro usado e que a pessoa que marcou o encontro com Erlon insistiu para ver o veículo.

Luiz Alberto



Comentários (1)

07/04/2014 20:21
tatiane chaves
Nossa capital virou noticia naciona depois de mais um crime bárbaro e brutal acometido contra Erlon Peterson , nossos governantes deveriam rever essas leis penais ,pois do jeito que esta não da para ficar , ja foram punidos ,mas ,perente DEUS o que aqui se faz ,aqui pagarão ,pois , nunca mais enquanto tiverem vida não dormirão e ficarão em paz

Outros destaques regionais

18/10/2014
12h29 DATAmax: Aécio amplia vantagem sobre Dilma e abre 23 pontos percentuais em MS
07h50 Após chuva inesperada, temperatura pode chegar a 43°C neste sábado
17/10/2014
14h22 Campo Grande registra primeiro caso de febre chikungunya de Mato Grosso do Sul
16/10/2014
18h49 'Bolha' de calor aumentará e MS deve ter temperaturas históricas até domingo
15/10/2014
16h18 Sem praia: confira 10 truques usados em Campo Grande para enfrentar o calor de 40º C
21h06
Trabalhador rural de 57 anos é assassinado a facadas por esposa em MS
20h08
Pecuarista é autuado por dragar rio para construção de porto em MS
18h50
Briga com 60 envolvidos deixa dois seguranças feridos em MS
Entrevista
Diretor do CRA fala da importância do profissional administrador na gestão pública
Charge do dia
Charge