Midiamax
BUSCA: 
 Capa

 Últimas Notícias

 Pimenta no Reino

 Transparência

 Política

 Polícia

 Emprego

 Tecnologia

 MidiaMAIS

 Esportes

 Geral

 Mundo

 Brasil

 Agronegócio

 Economia

 Cultura

 Cinema

 Entretenimento
Articulistas



Blogs
 Fernando Soares
Mais Lidas
01 Delegado se envolve em discussão e desafeto acaba morto a tiro em Campo Grande

02 Balneário famoso em Mato Grosso do Sul é investigado por denúncia de desmatamento

03 Contemplados que não precisam de imóveis vendem casas populares em sites de anúncios

04 Amigos, policiais e familiares lamentam morte de escrivã durante o parto

05 Requinte de crueldade marca morte de criança em área próxima ao lixão do Noroeste

Espaço do Leitor
Espaço do leitor
Acesso Fácil
Faça da Midiamax sua página inicial

19/11/2011 18:45

Acidente na saída de Três Lagoas: adolescente de 15 anos morre e dois estão em estado grave

Aumentar texto Diminuir texto

Ari Theodoro

Ari Theodoro
Capotado, o carro ficou completamente destruído. Uma das garrafas de cerveja, perto do veículo.

Um grave acidente de trânsito registrado por volta das 16h deste sábado (19), em Campo Grande, resultou na morte de um adolescente de 15 anos. O menor foi identificado pelo tio como J.E.T.M.

Segundo o Corpo de Bombeiros, sete pessoas (possivelmente todos menores de idade) estavam em um carro modelo Honda City. Quatro deles já foram socorridos e encaminhados à Santa Casa da capital. Dois deles, de acordo com as informações obtidas no local, estariam em estado grave.

Um dos rapazes foi lançado a mais de 30 metros do veículo. Destroços do carro se espalharam pela área. Uma das rodas do Honda foi jogada a pelo menos 50 metros de onde estava o carro e galhos de árvores foram arrancados com o impacto.

O motorista do carro teria perdido o controle do veículo que, depois de capotar várias vezes, foi parar a cerca de 100 metros de onde começou a colisão.

Garrafas de cerveja foram encontradas próximas ao carro. “Entre as causas do acidente, pode ser alta velocidade e embriaguez ao volante. Mas isso só a perícia poderá confirmar”, disse o tenente João Alves, do Corpo de Bombeiros.

Os peritos da Polícia Civil chegaram ao local por volta das 17h para anotar as possíveis causas da tragédia. Segundo as primeiras informações no local, o veículo poderia estar numa velocidade superior a 160 kms/h.

Ainda há grande movimentação de pessoas próximas ao automóvel e ao corpo da vítima fatal. A todo instante, parentes chegavam e se desesperavam ao ver o menor falecido. “Moço, pelo amor de Deus, olha de novo. Vê se tem chance dele ainda estar vivo”, falava uma tia do menor para um profissional dos Bombeiros.

Comoção e revolta

Segundo as informações ainda no local, os menores estariam em uma festa e teriam saído para comprar mais cerveja. Pelos comentários registrados pela reportagem, nem todos no carro se conheciam, por isso houve discussões e clima tenso entre amigos e parentes, que também se desentenderam entre eles e ainda com profissionais da imprensa. “Como entra no carro de quem nem conhece direito? E ainda mais alguém que tinha bebido?”. Essa foi uma das indagações que registramos.

O pai do menor estaria fora do país, em Las Vegas, nos Estados Unidos. E a mãe ainda não tinha sido informada sobre o acidente. O menor que morreu na hora ia completar 16 anos na próxima terça-feira (22).

Parentes tiveram que receber cuidados do Corpo de Bombeiros devido ao estado emocional.

Mais um grave acidente

“O trânsito tá muito perigoso, tantos jovens morrendo de moto ou de carro na cidade, isso não pode continuar”, comentou Altair da Silva. O idoso estava impressionado com as circunstâncias do acidente.

Foi difícil até identificar o modelo do carro de tão danificado que ficou o automóvel que capotou. “Eu falo sempre pro meu filho: se você vai em algum lugar e vai beber, eu te levo e você volta de taxi. Não adianta arriscar, pode ser fatal pra ele ou até matar alguém”, reforçou Altair.

Santa Casa de Campo Grande

Agora pouco (por volta das 18h20) um funcionário da Santa Casa informou que dois adolescentes continuam em estado grave e um outro menor já teria sido medicado e não corre risco de morte.

Segundo amigos que estavam no local do acidente, um dos adolescentes, internado em estado crítico, seria filho de um conhecido comerciante, dono de uma lanchonete no centro da cidade.

Vítima fatal

A vítima fatal foi José Eduardo Tavares Manzione. O nome do adolescente foi preservado até o final de semana a pedido da família, devido principalmente ao estado emocional da mãe dele. 

Notícias relacionadas

19/11/2011
16h37 Acidente mata um e deixa seis feridos na saída para Três Lagoas, em Campo Grande

Comentários (21)

24/11/2011 09:11
Rafael Nadal Briscco
O problema de hoje em dia é que os pais são permissivos demais. Em vez do diálogo com os filhos, preferem "comprar" esse tempo dando-lhes veículos, antes mesmo desses jovens terem idade e CNH para dirigir. São pais ausentes, de jovens que serão adultos irresponsáveis e negligentes. As mães preferem salões de beleza, badalar com as amigas do que serem mais presentes em seus lares. nem amamentam +!

21/11/2011 19:18
leitor
cara Leila, quer dizer que vc tm filho e de menor e que vc o deixe dirigir seu carro??? Pois os culpados da morte desse menino são os próprios pais deles, qm mando deixar ele pegar o carro, e se ele tivesse passado por cima de uma pessoa muito querida sua, e ai vc continuaria com esse discursinho????.

21/11/2011 16:45
yasmin froes
A mídia faz questão de deixar a reportagem em torno dos erros dos meninos, as pessoas se acham no direito de julgar eles como certos ou errados, a nóticia é 'TÃO CONFIÁVEL' que nem o nome do José está correto, vamos nos interar nos assuntos pra depois jugarmos os outros, que Deus os tenha Zé e Gustavo.

21/11/2011 10:29
Tiago
Pelo menos não mataram mais ninguem! pai tem que aprender dizer não

20/11/2011 18:22
Leila
Realmente é um absurdo vivenciarmos esta brutalidade com nosso jovesn e mais absurdo e ver pessoas criticando e julgando pessoas que nem conhecem,onde fica a solidariedade e o respeito pela dor dos familiares? Mas com certeza estes que se enquadram nestes comentários incoerentes não devem ter filhos, pois jamais um pai erra de propósito, o intúito e sempre acertar. Força a todos os envolvidos.

20/11/2011 17:00
sandra
Não adianta jogar a culpa no comercio que vende a bebida, se fossem educados não teriam ido comprar a bebida e muito menos pegar o carro ,e mais quem ensinou a dirigir? Quem é o dono do carro? Sempre tive carro em casa,mas minha filha nunca teve coragem de desobedecer e dirigir antes dos 18 anos mesmo assim só na auto escola.Mãe e pai que ama o filho tbm diz NÃO.Podiam ter matado alguém na rua!

Próximo 

Outros destaques regionais

28/11/2014
08h35 Contemplados que não precisam de imóveis vendem casas populares em sites de anúncios
26/11/2014
13h28 Azambuja promete auditoria e não descarta possibilidade de vender Aquário do Pantanal
25/11/2014
16h51 Quatro horas de chuva causam transtorno a moradores, alagamentos e quedas de árvores
08h21 Em virtude do atraso diário de ônibus, moradores temem perder emprego na Capital
24/11/2014
10h25 Moradores dizem que casas populares teriam sido trocadas por carros e outras alugadas
23h45
Assaltante é baleado em tentativa de roubo em bairro de Campo Grande
23h21
Pedrossian Filho e esposa ficam reféns de índios por mais de 15 horas em fazenda de MS
22h57
Homem é executado a tiros em Ponta Porã
Charge do dia
Charge